terça-feira, 20 de novembro de 2007

OS PEDÓFILOS ANDAM Á SOLTA


Após alguns anos sobre o escândalo da Pedofilia com crianças da “Casa Pia” de Lisboa, em que foram denunciados nomes sonantes da vida pública portuguesa que ainda não foram julgados ou condenados, surge de novo mais indícios de que nada se tenha alterado e continuem abusos sexuais com crianças neste país à beira-mar plantado.

Para piorar a situação, o Código do Processo Penal foi alterado e os pedófilos portugueses podem agora abusar à vontade as vezes que queiram com as crianças (20, 30, 40, 50, 100 vezes) pois lhes será apenas imputado um crime e nada mais. Não se sabe de quem partiu a ideia nem quem foi o legislador, mas dá para perceber que houve favorecimento a amigos de alta esfera influentes do Partido Político no Poder e não na Oposição que votou contra esta alteração.

É uma vergonha o estado a que chegou a nossa “Democracia” que entre outras coisas vergonhosas feitas em nome da ‘Liberdade’ favorece agora a Pedofilia. São os próprios juizes e magistrados que contestam as alterações ao Código Penal que desagrava penas para criminosos que agora andam à solta e não só os abusos sexuais vão continuar como assaltos e roubos em plena luz do dia estão a aumentar. O crime, de resto, parece compensar...

Mas o governo branqueia sempre a situação, com propaganda de ocasião, dizendo que tudo vai bem na sua (des)governação e só anuncia medidas à medida que as coisas acontecem só para descansar a população. As opiniões dividem-se cada vez mais, e já não é só o cidadão comum que aponta o dedo aos responsáveis da Nação, mas várias figuras públicas e entidades sociais que manifestam seu desagrado e grande preocupação.

Entretanto vai-se entretendo o povo com festas e futebois, concursos e telenovelas de televisão e promove-se o consumismo e a gastronomia, entre outras coisas, para satisfazer os mais chateados ou aborrecidos com a situação que ficam assim mais calados ou confortados, deixando aos outros a ‘pedrada’ de contestação.

Fica aqui a minha.

Pausa para reflexão!

Rui Palmela

5 comentários:

  1. "Para piorar a situação, o Código do Processo Penal foi alterado e os pedófilos portugueses podem agora abusar à vontade as vezes que queriam com as crianças (20, 30, 40, 50, 100 vezes) pois lhes será apenas imputado um crime e nada mais. Não se sabe de quem partiu a ideia nem quem foi o legislador, mas dá para perceber que houve favorecimento a amigos de alta esfera influentes do Partido Político no Poder e não na Oposição que votou contra esta alteração".
    ___________________________________________________

    "Talvez de algum violador!"

    Bia

    ResponderEliminar
  2. É revoltante, amiga Bia, todos os deputados do P.S. aprovaram as alterações ao Código do Processo Penal e nem sequer se sabe quem foi que fez a vergonhosa modificação do artigo 30 que passa a considerar apenas um crime para o pedófilo que abuse dezenas de vezes de uma criança e fica à solta.

    Isto foi um óbvio favorecimento político aos implicados no processo Casa Pia que contam com os seus amigos no Poder.

    Uma escandaleira em Portugal que ninguém controla e a própria Justiça está ficando à mercê de certos legisladores que não bons moralizadores.

    É o que penso!

    Um abraço.
    Rui Palmela

    ResponderEliminar
  3. José Santos10 junho, 2008

    Só posso dizer.. que revolta!
    Não percebo o que se passa com este mundo, prendem-se os inocentes, aqueles que nada fizeram, aqueles que só falaram contra a autoridade pré-estabelecidade e soltam-se os verdadeiros criminosos... enfim

    ResponderEliminar
  4. É verdade, caro amigo José Santos, agora até um certo pedófilo bem conhecido (pelo menos assim está acusado no processo Casa Pia) exige uma avultada indemnização ao Estado por ter sido preso preventivamente quando o foram buscar à Assembleia da República quando era deputado, e depois foi solto pelos amigos politicos que decerto foram os mesmos que alteraram o Código Penal que favorece agora os pedófilos acusados no mesmo processo que, se algum dia forem condenados, será apenas por um crime de abuso sexual com crianças e não pelas dezenas de vezes (ou centenas) que praticaram com elas durante anos.

    Isto abre um precedente e outros decerto também pedirão avultadas indemnizações pelos seus crimes e prevaricações...

    É assim em Portugal, onde se alteram leis para amigos especiais mesmo que por causa disso se ponha em causa a tranquilidade e segurança dos portugueses nos dias actuais.

    Rui Palmela

    ResponderEliminar
  5. Hoje num jornal alguém escreve sobre este caso, o seguinte:

    "A decisão de condenar o Estado a pagar uma indemnização sem precedente a Paulo Pedroso poderá ter encerrado um dos mais sinistros episódios do caso Casa Pia, ele próprio ainda sem fim à vista após mais de cinco anos. "Acto temerário enquadrável na figura do erro grosseiro" foi a expressão usada pela juíza Maria Amélia Puna Lopo na sentença. A fórmula refere-se ao facto de não terem sido preenchidos os requisitos necessários à aplicação da prisão preventiva, decidida em Maio de 2003 pelo juiz Rui Teixeira".


    Quem ouviu ontem, como eu ouvi na Rádio Renascença, o advogado Pedro Namora (ex-casapiano) a falar sobre este assunto, percebeu bem o que ele pretendeu dizer com o termo "isto está tudo entregue à Mafia" no nosso país.


    Ainda sobre o crime de Pedofilia, hoje fomos todos surpreendidos com a notícia de que uma rede de pedófilos na Internet (constituidos por médicos, professores, etc) foi desmantelada pela policia judiciária que confiscou vários computadores que estão sendo analisados e cujos proprietários podem ser constituidos arguidos dum momento para o outro.

    Soma e segue...

    RP

    ResponderEliminar

Related Posts with Thumbnails