terça-feira, 8 de julho de 2008

O CANCRO E A QUIMIOTERAPIA

Assisti no passado dia 7-7-2008 ao Programa “Vidas”, uma reportagem da TVI que acompanhou os últimos dias de Rita Ressano Garcia, uma doente oncológica em fase terminal, que generosamente concedeu uma entrevista à jornalista Alexandra Borges num trabalho inolvidável que mereceu o Prémio AMI 2008 pelo jornalismo contra a indiferença.

Ouvi com atenção todas as palavras de Rita que dizia: “já nem me apetece falar, só me apetece estar”... falando de seu desejo de poder continuar a viver mas aceitando com resignação e coragem a sentença do pouco tempo que lhe restava e falou tudo o que lhe ia na alma, não deixando ninguém indiferente.

Houve uma altura em que ouvi de sua boca uma lamentação sobre o seu estado de grande depauperamento geral que ela atribuia à Quimioterapia que infelizmente ainda ‘mata’ muita gente, talvez mais do que os médicos possam imaginar, pelos prejuizos causados ao organismo de quem ainda tem esperança de se tratar.

Pessoalmente conheci vários casos de pessoas amigas que sofreram bastante com esse tratamento agressivo que as prostrava e lhes tirava mais vida em vez de a prolongar. Quem aguenta consegue viver mais tempo, quem está mais debilitado fica pior e morre cedo com grande sofrimento.

Rita morreu por fim com dignidade, sem dor, graças aos cuidados paliativos e carinho total de gente maravilhosa que faz tudo o que pode na luta contra a doença e o sofrimento de tantas pessoas que precisam de cuidados continuados (nos hospitais ou em casa) que infelizmente é ainda privilégio de alguns e não um direito de todos.

Rita partiu tranquilamente tendo cativado muita gente. Sei, porém, como dizia alguém, que “a dor é a trombeta da libertação” e o seu lugar noutro mundo é decerto melhor que este onde viverá em paz e felicidade pela luz que já levava na alma e em seu coração.

Pausa para reflexão!

Rui Palmela

9 comentários:

  1. Muitas vezes a cura é pior que a doença...

    Dizem (não comprovado cientificamente)que o kefir (procura no Google é interessante)tem o "poder" de curar/prevenir o cancro, a medicina natural tem sido escondida pelos médicos para poderem ganhar mais dinheiro...o que se podia de antes curar com um chá passou a ser fabricado com a mesma planta um comprimido que faz mal ao estômago etc.
    ________________________

    Deve ser muito difícil saber que uma pessoa vai morrer antes de a mesma morrer...

    ResponderEliminar
  2. Rui... Boa Noite...
    Amigo, você não sabe como é horrível, perder alguém neste estado. Cada vez que vejo dói a Alma...
    Peço a Deus todos os dias, pela minha mãe que desencarnou desta maneira.
    É uma sentença Cruel; não pode vir de Deus!Não pode!
    É horrível, Amigo. Mas interessante para colocar no Blog

    Sandra Melo

    ResponderEliminar
  3. Rui Palmela09 julho, 2008

    Olá amiga Sandra e Grifo,

    Começo por agradecer vossos comentários sobre este assunto que na verdade devia ser encarado abertamente e dizer tudo o que se sabe a toda a gente.

    Na verdade Kevin a Medicina Macrobiótica ou a Homeopatia podia fazer muito mais pelos doentes oncológicos do que a Medicina Convencional que tem métodos muitos agressivos de tratamentos que chegam a ser torturantes como é o caso da Quimioterapia.

    Tive duas amigas que desencarnaram cedo quando começaram a fazer quimioterapia, depois de estarem a ter bons resultados pelos métodos da Medicina Natural.

    O meu cunhado, com cancer no cérebro e pulmões, quando começou a fazer radioterapia, piorou bastante e faleceu em pouco tempo.

    Outros casos que conheço, a mesma coisa.

    A minha companheira, que foi operada aos intestinos há uns anos atrás, donde tirou um tumor maligno, optou por não fazer quimioterapia como a médica tinha mandado. Fez sim tratamentos homeopáticos durante muitos meses e tomou também muito chá de pau d'arco (planta cicatrizante e regeneradora do sangue, anti-cancerosa) e já passaram 7 anos e está bem de saúde, conforme indicam os exames regulares que faz de 6 em 6 meses para ver se tudo está bem.

    Portanto, falo com conhecimento de causa e é lamentável que os governos não oficializem a Medicina Natural ou a Homeopatia em Portugal, dando a possibilidade ás pessoas de escolherem livremente o método de tratamento de qualquer doença. Mas, infelizmente existe um Monopólio com interesses inconfessáveis da classe médica e inddustrias farmacêuticas que não facilitam as coisas.

    Esperemos que a seu tempo tudo se venha a perceber melhor e o cancer desapareça por uma forma de vida mais saudável que os seres humanos fazer vivendo mais de acordo com a sua verdadeira condição, suprimindo hábitos e alimentos errados da sua alimentação. Claro que também há outros factores a considerar como o karma passado da vida de cada pessoa que colhe na vida presente o que originou noutra encarnação. Mas isto só poucos entendem e aceitam.

    Pausa para reflexão!

    Abraços

    Rui Palmela

    ResponderEliminar
  4. Amigo me desculpe se escrever
    algo errado mas estou com os
    olhos marejados de água, com
    esse texto, com essa lição de
    vida. É impossível não se
    emocionar, que mulher lutadora,
    e muitos não olham nem para
    o lado, ah se todos entendessem
    essa vida, que estamos aqui só
    de passagem, seria tão diferente
    haveria muito mais amor, o ser
    humano ia ser tratado como gente
    tenho acompanhado os seus textos
    que manda, concordo plenamente com
    você, sou Brasileira, e sabe o que
    estamos passando. Ahhhh amigo
    se deixar vou ficar aqui horas es-
    crevendo, mas lhe agradeço por
    este gesto lindo de sua parte com-
    partilhar este texto com todos.
    obrigado amigo
    bjos nesse enorme coração.

    Elisete Ricci

    ResponderEliminar
  5. Quando as pessoas vão ao medico e lhes é diagnosticada a doença e são receitados medicamentos que não servem para nada, muitas pessoas não entram na farmácia, vão comprar ou apanhar umas plantas e fazem um chá etc... Um familiar meu em vez de esperar pela operação á pedra tomou um chá que a desgasta a pedra do rim, um amigo teve resultados agora esta á espera de fazer um exame. Os médicos não gostam quando lhes falam que não tomaram os medicamentos mas sim um chá e foram curados.

    muitas curas naturais não são provadas cientificamente porque não interessa, não lhes dá nenhum dinheiro.
    ______________________

    A mulher teve muita força (sempre a andar para a frente que é para lá que se caminha), teve azar em não ter conhecimento deste tratamentos, que pelos vistos os tratamentos agressivos já causaram sofrimento a muitas famílias :(

    ResponderEliminar
  6. Tenho que me expressar em relação ao extremismo de se considerar os médicos como dissuasores da verdadeira cura... mts médicos são almas mt boas mesmo , porém, humanos com seus defeitos e preconceitos, realmente a maioria dos médicos prefere afastar as pessoas de certos chás e medicamentos milagrosos do "folclore" tradicional, isto porque as pessoas tendem a exagerar nas suas automedicações, e preferem adotar meios pragmáticos e empiricos com as substancias conhecidas, ninguem é Deus e como tal um profissional trabalha com o que sabe (e até mts veses ouve-se da boca de um médico ... tome um chá de camomila apos as refeições etc....

    O problema é mais Os mercados FARMACEUTICOS esses sim não têm interesse em curas mas sim em "remedios"

    como diz o outro ...

    ... Pausa para reflexão...

    ResponderEliminar
  7. amigos eu venho testemunhar um caso que se passou com o pai de uma colega da minha filha o sr.estava muito mal,foi npara casa porque não havia nada a fazer,já com morfina,mas depois teve conhecimento d'um médico penso que naturopata,que o medicou,o sr. começou a sentir-se melhor e quando foi ao médico já podia fazer os tratamentos normais(quimioterapia)o médico espanhol disse-lhe que ele fizesse tudo o que o seu médico mandasse"ainda não percebi porquê",só sei que o sr. começou a fazer quimioterapia e passado pouco tempo morreu...eu imediatmente disse que foi a quimioterapia que o matou,eu tenho uma filha que" teve "cancro da mama e eu sei o que ela passou...e ela própria diz que se voltar a ter não mais quer fazer quimioterapia...desculpem pelo meu desabafo,mas eu concordo com os métodos tradicionais!!!

    ResponderEliminar
  8. Grato pelo seu depoimento pessoal, amiga Lourdes, pois isso é mais uma prova de que a Quimioterapia é letal para muita gente e só poucas pessoas alcançam uma 'cura' definitiva que é fictícia quando alguns organismos conseguem resistir às agressões químicas de que são alvo.

    A médica que operou minha companheira aos intestinos há uns anos atrás aconselhou a Quimioterapia mas ela não fez e optou por tratamentos da Medicina Natural que deu muito bom resultado, pois já lá vão 9 anos e as análises que faz periodicamente indicam que tudo está bem.

    É lamentável que o governo não reconheça oficialmente as medicinas alternativas no nosso país à semelhança do que já se passa em alguns paises da Europa. Enfim, o monopólio médico e da industria farmacêutica falam mais alto... mas não podem calar estes nossos testemunhos.

    Um abraço

    Rui Palmela

    ResponderEliminar
  9. alguem me pode dizer onde assistir a esta entrevista?

    ResponderEliminar

Related Posts with Thumbnails