sábado, 7 de fevereiro de 2009

E SE O MUNDO ACABASSE AMANHÃ?


Esta pergunta já se fez várias vezes a muita gente que deu variadas respostas, sendo a mais frequente aquela que deixa transparecer sempre uma grande falta de consciência ou de coerência da nossa condição de seres humanos.

Na verdade a maioria das pessoas diz sempre que se o mundo acabasse amanhã faria hoje todo o género de disparates ou satisfazia seus desejos pessoais, principalmente os da luxuria, fornicando e gozando até morrer de prazer. Só poucos aproveitariam o tempo que lhes resta para orar e se preparem para um Mundo Novo ou uma vida nova.

É claro que tudo isto se deve à falta de conhecimento que grande parte das pessoas têm sobre o que é que são verdadeiramente e o que fazem neste mundo. A maioria não sabe sequer qual o seu objectivo de estarem neste planeta para além de comerem, beberem, procriarem, dando mais importância ao ter do que ao ser, e por isso deixaram há muito de viver para passarem a sobreviver.

As crises e males da Humanidade resultam pois da grande ignorância que o homem tem sobre si próprio e por isso desrespeita a sua vida e a de todos os seres da Criação, tendo-se tornado a pior espécie das criaturas, a mais perigosa e predadora, que destrói o planeta onde vive com sua forma de Civilização. Nunca é demais dizer isto!

Penso que a última coisa que todos deviamos fazer hoje como seres humanos, se o mundo acabasse amanhã, era redimirmo-nos ou penitenciarmo-nos de nossos próprios males e erros de comportamento animal dito 'inteligente' que não tem sabido viver de forma correcta e coerente, afectando mais a Terra nas últimas décadas do que todas as civilizações anteriores durante gerações. Aliás, muitos são os mesmos “antepassados” que continuam hoje fazendo o mesmo de outros tempos engendrando ou colhendo seus próprios sofrimentos.

Seria bom, pois, que houvesse sobre tudo isto uma verdadeira compreensão, abrindo debates públicos que infelizmente não têm espaço nem tempo de antena de televisão, onde só se fala de gastronomias, moda, estados da economia, feiras de sexo ou do fumeiro, telenovelas, politica ou futebol, e não aquelas mais importantes que poderiam preparar as pessoas para os tempos dificeis que se avizinham e se podia evitar o pior do que se vai passar neste Mundo desde a sua fundação.

Quem puder entenda,

Pausa para reflexão!

Rui Palmela

3 comentários:

  1. Almocreve_Louco08 fevereiro, 2009

    A casa arde e as "crianças" brincam....

    Colheremos o que semeámos. A própria ignorância da situação crítica resulta da "bebedeira cármica" causada pelos desvios de muitas vidas.

    Tornar-se vegetariano para parar a crueldade e a poluição é a maior contribuição que podemos dar ao mundo e a nós próprios.

    Se não nos tornarmos compassivos para com os mais fracos (os animais), como poderemos pedir a compaixão dos Céus para connosco!?

    Se não nos afecta todo o sangue inocentemente derramado pelo nosso prato, poderemos nós dizer que somos compassivos e que não somos cruéis!?


    Almocreve_Louco

    ResponderEliminar
  2. Plenamente de acordo, amigo Almocreve_Louco, essas palavras eu as digo tantas vezes às pessoas que desejam paz na Terra e esquecem a forma de consegui-lo verdadeiramente de forma séria e coerente.

    Aliás, escrevi em tempos um artigo intiltulado COMO HAVERÁ PAZ NO MUNDO? que podes ver neste Blog entre os títulos laterais quase no final.

    Grato pelo comentário.

    Um abraço fraternal

    Rui Palmela

    ResponderEliminar
  3. Concordo consigo amigo Rui... Vivemos num Mundo decadente, onde praticamanente não existe amor, apenas existe o medo... É triste :(

    Temos de mudar a nossa consciencia, ,mas esta dificil, pois cada dia que passa mais decadente ficamos... Penso que as coisas terão ainda de ficar piores, para que aconteca algo que desperte a mentalidade humana...

    Luz

    Cristiano Costa

    ResponderEliminar

Related Posts with Thumbnails