quarta-feira, 16 de julho de 2008

ENERGIA NUCLEAR? NÃO OBRIGADO!


Portugal é um país no Mundo onde a luz do sol, o vento, e a água do mar, o tornam priveligiado em relação a qualquer outro, sendo o Alentejo um ponto de céu aberto de maior importância para o desenvolvimento pleno da Energia Solar, e as serras de todo o país para a Energia Eólica, já não falando de todo o litoral onde se pode aproveitar a energia das marés.

Posto isto, Energia Nuclear, NÃO OBRIGADO! Jamais se justificaria a instalação de uma central atómica no nosso País, com zonas sismicas de norte a sul, pois seria um risco a considerar sobre qualquer tomada de decisão. Afinal, até somos um país pequeno e no caso de um acidente nuclear (como já aconteceu em várias centrais no Mundo - o desastre de Chernobil foi o pior), não teriamos grande espaço para fugir e escapar aos efeitos nefastos duma fuga de radiação.

Os homens julgam que têm sempre tudo sobre controle, mas uma coisa que menos podem controlar é a Natureza que já vai dando sinais de estar 'zangada' com esta Civilização e decerto vai devolver ao homem, nos tempos que correm, todo o mal que tem causado ao Planeta nas últimas décadas, mais do que em milhares de anos de evolução.

Por isso, cuidado com a opção nuclear...

Pausa para reflexão!

Rui Palmela

6 comentários:

  1. Claro! Está fora de questão construir uma central Nuclear no nosso país. Se querem independência energética á muitas energias alternativas por onde escolher. E depois de um acidente nuclear íamos (vocês que eu sou das ilhas xD) viver? Ficava-mos sem pais. Portugal ou Chernobil?

    ResponderEliminar
  2. Existe algum desconhecimento acerca da energia nuclear. Eu vivo a poucos quilometros de uma central nuclear, e isso nao me tira o sono.

    Comparar as modernas centrais nucleares com Chernobyl, e como comparar uma motorizada Zundapp com o Space Shuttle...

    O problema, o UNICO problema do nuclear, era termos de entregar a sua gestao a tecnicos portugueses...

    ResponderEliminar
  3. Rui Palmela25 julho, 2008

    "Comparar as modernas centrais nucleares com Chernobyl, e como comparar uma motorizada Zundapp com o Space Shuttle..."

    Caro MS, por mais modernas que sejam as centrais nucleares do século XXI, elas produzem lixos radioactivos que são indestrutíveis por milhares de anos e que neste momento já não se sabe o que fazer com os milhões de tonaldas dos que existem e estão sendo colocados em caixões de chumbo e betão no fundo do mar, outros enterrados a certa profundidade. Isto já não falando da locura dos homens que já pensaram em os meter em naves próprias para os enviar em direcção ao Sol...

    Por outro lado, caro amigo, que me diz se o epicentro de um violento sismo for numa zona onde exista uma dessas centrais tão 'seguras' que não lhe tira o sono. Não acha possivel de acontecer a qualquer momento?

    Por fim, basta consultar a lista de acidentes em centrais nucleares modernas, superiores á de Chernobyl, numa pesquisa google que lhe oferecerão locais e datas para reflectir.


    Rui Palmela

    ResponderEliminar
  4. é preciso pensar ceriamente numa hecatombe nuclear porque as muitas centenas de mihares de oginas nucleares existentes na Terra não estão a salvo de presidentes loucos, ou de fgorças maléficas humanas.
    Basta umas poucas para fazer eclodir a Terra, lança-la desordenadamente no espaço escuro e sem retorno, despoletar vulcões, sismos, tsunamis, tempestades medonhas... enfim será o fim dos homens ou de mais de 80% da humanidade. Os que sobreviverem poderão não resistir longo tempo dados os seus corpos repletos de radioactividade.
    Nunca viu nada assim. Paira sobre a humanidade o manto negro da morte e do sofrimento. Muitos não têm medo de morrer mas sim de sofrer e de fazer os outros sfrerem com o seu proprio sofrimento.
    As massas inconcientes e subjugadas aos politicos actuais e às suas mentiras,e hipocrisisas, lacaios de satanás e do capitalismo feroz que com as sua ganancia doentia de dinheiro destroi tudo por onde passa.

    ResponderEliminar
  5. se quiserem construir façam uma rede de centrais nucleares, quatro distribuídas de norte a sul para que alimentem o país inteiro. AGORA só UMA ,vai encher os bolsos a muitos privados oportunistas.

    ResponderEliminar
  6. Virá o tempo em que os seres da natureza ajudarão os seres humanos a utilizar corretamente a energia atómica sem os problemas e perigos associados... mas isso só será algures depois do juízo final, em tempo próprio, quando as pessoas estiverem prontas para tal. Até lá era melhor que não tivesse construído nenhuma central nuclear.

    ResponderEliminar

Related Posts with Thumbnails