terça-feira, 17 de abril de 2012

REI DE ESPANHA MATA QUE SE FARTA!


Este é um assunto que surpreende pela negativa toda a sociedade civilizada do século XXI que ficou sabendo a notícia de que o monarca espanhol Juan Carlos I mata que se farta nas suas caçadas em África para onde foi recentemente testar sua pontaria a animais de grande porte, tendo matado um elefante exibindo-o como troféu junto a uma árvore, tirando uma fotografia para a posteridade. Que grande ‘nobreza’...

A notícia veio a público por conta do acidente sofrido pelo rei que teve uma queda e fraturou o quadril, tendo sido submetido a cirurgia. Que pena!

A foto da actual caçada, estava  publicada no site da  empresa Rann Safaris que cobrou cerca de 37.000 euros ao que se diz por este evento. No meio da polêmica nas redes sociais, pela imagem que servia de publicidade, o portal fechou no sábado passado, dia 14-4-2012.  Ainda bem!

O paradoxo de tudo isto, é o facto dos espanhóis estarem passando por uma crise económica com cerca de 5 milhões de pessoas no Desemprego e saberem destas extravagâncias do seu Rei que se entretém a fazer Safaris em África para matar a sua ociosidade, sendo esta a mãe de todos os vícios como todos sabemos.

Enfim, foi pena não ter sido preso por caça ilegal a estes animais que são tão perseguidos por caçadores furtivos que os matam apenas para tirar seus dentes de marfim e os deixam apodrecer ao sol. Qual teria sido o motivo que levou Juan Carlos I a fazer o mesmo... Na verdade só a falta de Bom Senso!

Fica aqui esta questão para que cada um tire a devida ilação.

Rui Palmela

6 comentários:

  1. Possuo algo, querido alvorecer que cabe bem a vossa, a nossa observação, após sua sabia lembrança...
    AMIGO ELEFANTE

    Grande,giganteDa terra
    Ambiciosos, crueis, sanguinários homens
    A tirarem-teTeus marfins.
    Que triste fim.
    Um amontoado de
    Gigantescos corpos
    A decomporem-se,
    À ambição dos
    Teus, "Deus"
    "Dentinhos"
    Maurício Sais Ximenes - Bagé - Rio Grande do Sul - Brasil

    ResponderEliminar
  2. Admira-nos que em idos tempos, a europa ainda a custear monarquias, que consequentemente adjetiva o povo: à peble... caçadas, guardas reais, castelos, clãs de nobrezas, custeado pelo orçamento público... e ninguém a conclamar REPÚBLICA JÁ...sou agradecido a DEUS por não viver num solo assim. Maurício

    ResponderEliminar
  3. Antonio Maria Claret Soares de Marialva19 abril, 2012

    Amigo e irmão Rui Palmela.
    E aos demais dissertadores nes íclito blogue.

    Nas monarquias atuais os "Reis Reinam, porém não governam"...
    Será que este velho idiota e mentecapto ainda vive e medita como há 300 anos atrás? Qual o Por quê destas caças predatórias sem razão alguma? A não ser provar um "machismo" animalesco que afronta a Natureza e que chama os Espanhóis de "burros e jumentos" que aceitam tal ignomínia? De facto, os espanhóis (em maioria)aceitam -feito cordeirinhos - uma atitude tresloucada de um "pseudo-Rei" que jacta-se por assassinar um inocente animal que não tem como se defender de um excelente fuzil mortal moderno.
    A Espanha, com toda a tradição de seu povo está a passar dificuldades financeiras e sociais enquanto ente senil palhaço brinca com inocentes animais, numa tétrica "orgia de morte" e desamor. Ora, se um Rei não ama os animais e a vida, como pode amar seu povo? Por quê o PALHAÇO do Juan não come a carne do elefante até que seu vil corpo e alma se explodam? Muito me admira e me causa azco tal atitude, nomeadamente pela atual crise pela qual atravessa a Espanha. O lugar mais apropriado para este "reizinho de merda" é um manicômio Judicial onde lhe deve ser ministrado "tranqulizantes" como usam em "dardos" para entorpecer elefantes. (Niguém mata elefantes sem barbitúricoa aplicados anteriormente aos tiros de fuzis). Não existem armas capaz de derrubar um elefante sem antes "embriagá-los". Pura e ignóbil covardia humana!
    E o Povo Espanhol, em crise financeira, social e moral, ainda paga as contas de um velho idiota "mumificado" pela insanidade "dos tempos"! Se bem, que pouco difere da ministra Sueca que comeu do bolo da "genitália" (artística) numa representação de um "artista" que deveria voltar à áfrica! Isto é "degradação humanana"! Porcos, comendo estrume de porcos. E...ainda se acham "humanos"! kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk!

    ResponderEliminar
  4. Tenho pena porque os animais não fazerem amizade connosco.

    Ainda ontem salvei uma pequena fêmea melro que andava na rua aos tropeções nas patas de um gato. Levei-a para casa e deixei-a numa caixinha de sapatos improvisada para que ela descansasse a noite, na manhã seguinte, soltá-la caso estivesse em condições. Assim fiz, tentei alimentá-la com dificuldade, pois não tinha forma de lhe abrir o bico para lhe dar uns bocadinhos de míolo de pão humedecidos. Apercebendo-me que conseguia voar, despedi-me dela com algumas festas na cabeça e dorso, ela muito encolhida, fechava os olhos porque acredito que se sentia bem, disse-lhe que era livre e que não confiasse nos humanos pois nem todos somos de confiança. Abri a janela e ela partiu ao chamamento dos seus. Senti-me feliz... ela voava livre, sem necessitar que a ensinassem...

    Gostaria que os animais fossem nossos amigos, mas quando vejo notícias como estas, de pessoas que matam pelo prazer de matar, sinto uma enorme tristeza. E percebo porque os animais nos acham uns monstros, e fogem de nós a sete pés.

    Muitos homens se tornaram reis por descendência, sucessão, ou linhagem - herdaram o título que fazem deles soberanos ou representantes do povo.

    Mas poucos foram/são Reis dignos da Sua Nobreza.

    Que o Nosso Amado Rei do Mundo seja testenhuma daquilo que aqui deixo escrito...

    O homem que aponta para o caminho excelso, só é digno desse caminho se nele for exemplo... Porque muitos dizem: faz o que eu digo, não o que faço. E assim se acham dignos de comandar ou de mandar em alguém.

    ResponderEliminar
  5. Bem hajas pela tua Nobreza de Alma, querida amiga Ana Ferreira, pois a tens verdadeiramente em teu coração ao sentires amor desse modo pelos animais e teres ajudado uma ave em dificuldade que morreria se não fosse tua bondade.

    Também procedo assim sempre que me deparo com um ser vivo em dificuldade (até o mais pequeno insecto) que merece de nós o devido respeito pela sua vida que evolui em sua própria condição.

    É como dizes, querida amiga, os homens que governam o mundo e se tornam soberanos de alguma coisa sem ser por Amor e Verdade, Compaixão e Bondade, não passam de tiranos enganadores, forjadores do mal, para nada servindo seus títulos honoríficos no Reino da Luz onde serão julgados pelos seus erros e desregramentos e se envergonharão de sua ignorância espiritual.

    Tenho por hábito dizer que "O MUNDO NÃO É DE QUEM O DOMINA, MAS DE QUEM O AMA"... por isso continuemos a amar a Mãe Terra a quem devemos pedir perdão pelo mal causado com nossa forma de Civilização e respeitemos a vida de todos os seres da Criação. Só desse modo é possivel haver paz no mundo e torná-lo melhor, com mais verdade e mais amor.

    Um abraço do coração.

    Rui Palmela

    ResponderEliminar
  6. Antonio Marialva24 abril, 2012

    Amigo e irmão Rui Palmela.

    Impossível aquietar-me diante das evidências. A foto postada pelo amigo parece que duas "moçoilas"(velhas) estão a comemorar em conluio amoroso a morte do pobre bicho elefantino. Eh, Eh.! Como "eles" se disfarçam bem...kkk.
    Por outro lado, o Mr. Obama (agora aprendí o inglês americano), também se fartou com a morte de um velho senil e doente guerrilheiro chamado Bin Laden. Farta-se, todos os dias, com as mortes de homens, mulheres e crianças no Iraque, Taliban, etc. Por outro lado, menos mal fez o Sra. Ruan por matar um elefante que (quer queira, quer não, já estão condenados à extinção), assim como como os leões, bois, macacos, gorilas, etc,.
    Pausa para reflexão! (como diz o amigo).

    ResponderEliminar

Related Posts with Thumbnails