domingo, 14 de setembro de 2008

O "CERN", EXPERIÊNCIA DO SÉCULO


Os cientistas do século XXI querem saber como se formou o Universo e para isso resolveram construir uma Máquina gigantesca complexa, um acelerador de partículas com 27 Km de perímetro a 100 metros de profundidade entre a França e Suiça, que visa reproduzir condições como as que deram origem à grande explosão cósmica (o “Big Bang”), num túnel onde se podem gerar temperaturas 100 vezes superiores às do Sol.

Penso que será uma loucura total esta dos homens do século actual que pretendem confirmar a existência da “Particula de Deus” ou obter conhecimento duma forma que poderá originar a maior hecatombe ou processo de destruição no Mundo onde já nada de bom se espera com esta forma de Civilização.

Há mesmo quem diga que esta experiência pode ser o princípio do “fim do Mundo” numa visão mais alarmista e catastrofista, podendo desencadear-se reacções em cadeia difíceis de controlar se algo correr mal e os homens com sua ciência nada poderem fazer para o evitar.

Não sei porquê mas não vejo com bons olhos uma experiência desta natureza que deveria ser levada primeiro a um debate público a nível mundial e só deveria ser realizada se reunisse um consenso geral, coisa que não acontece dentro da própria comunidade científica onde existe tanta discordância, uns a favor e outros contra, cada um apresentando seus próprios argumentos que deveriam ser conhecidos por toda a População.
Ver aqui vídeo de uma entrevista com dos cientistas do CERN e suas declarações que decerto suscitam nossas legítimas preocupações:



Por fim, quem poderá garantir ou assegurar que esta experiência não comporta riscos para a Humanidade inteira e/ou ponha em causa a integridade do Planeta onde vivemos?

É este pois o “CERN” da questão...

Pausa para reflexão!

Rui Palmela

19 comentários:

  1. o problema é que nunca ninguém sabe de nada... eu acho que seria uma boa experiência, mas se não existissem riscos... se são só boatos, se e verdade, não sei...

    ResponderEliminar
  2. o problema é que nunca ninguém sabe de nada... eu acho que seria uma boa experiência, mas se não existissem riscos... se são só boatos, se e verdade, não sei...

    ResponderEliminar
  3. Ninguém sabe, amigo Grifo, ninguém pode garantir ausência de riscos ou de perigosidade na experiência do século que os homens vão efectuar quando ligarem uma Máquina complexa que ficará em funcionamento por um periodo de 10 a 15 anos para se descobrir particulas até agora desconhecidas e que sinceramente não sei se justifica o grande empreendimento quando há tantas coisas bem mais importantes e urgentes por resolver na Humanidade.

    Abraço.

    RP

    ResponderEliminar
  4. não é bem assim, o investimento nas ciências é sempre justificável... quem sabe o que dai vem...

    Por exemplo, numa altura de crise em Portugal decidiu-se fazer exploração marítima, e voltou a prosperidade...

    o investimento na ciência nunca é injustificável... em armas etc, não é justificável...

    ResponderEliminar
  5. Caro amigo Grifo, neste momento dois dos maiores cientistas mundiais (Peter Higss e Stephen Hauking) envolvem-se empolémica por causa do acelarador de partículas, e outros cientistas alertam para o perigo de se criarem buracos negros que podem desencadear algo jamais previsto na Terra onde o homem com sua ciência tem feito mais mal do que bem ao longo de sua existência.

    De resto, deixo aqui um comentário de alguém que escreveu sobre o acelerador de partículas o seguinte:

    "Com possíveis riscos de micro buracos negros se escaparem e sem uma única colónia humana fora do sistema solar é prematuro, insensato, e excesso de confiança na sorte!!! Se correr mal só prova q a Humanidade n estava apta e mts outras deverão tomar o seu lugar!"...

    Por fim, amigo Grifo, recordo aqui umas palavras do cantor brasileiro Roberto Carlos que diz sobre o Progresso o seguinte:

    "Eu não sou contra o Progresso, mas apelo para o Bom Senso, um erro não justifica outro, isso é o que eu penso"...

    Se algo correr mal, caro Grifo, talvez não tenhamos oportunidade de sabê-lo nem os homens (i)responsáveis poderão justificá-lo com teses ou teorias que para nada servem se assim acontecer.

    Abraços.

    Rui Palmela

    ResponderEliminar
  6. Oi pessoal, concordo a 100% contigo Rui Palmela, se essa experiência correr mal, não haverá mesmo justificações pois provavelmente já estaremos todos mortos, excepto as pessoas que serão arrebatadas segundo as escrituras.

    ResponderEliminar
  7. Ainda a propósito dos dois cientistas que divergem entre si sobre esta experiência do século, direi apenas o seguinte:

    Tal como há séculos Galileu Galilei tinha um forte opositor obstinado que hoje poderei comparar a Higss, penso que Hawking com toda a sua ciência ou intuição poderá vir a ser aquele que só após vários séculos acabariam por lhe dar razão.

    Curiosamente, Stephen Hawking nasceu em 8 de Janeiro de 1942, exactamente no aniversário de 300 anos da morte de Galileu... Coincidência? Talvez, mas para os que sabem que reencarnamos em periodos de 200 a 300 anos isto poderá querer dizer alguma coisa.

    Esperemos, contudo, que estejam todos errados os cientistas que não auguram boa coisa com a experiência em curso por um periodo de 10 a 15 anos com uma Máquina que talvez se torne a maior Bomba Nuclear de todos os tempos.

    Rui Palmela

    ResponderEliminar
  8. Não discordo de ti, só não concordo com algumas das tuas palavras...

    Eu acho que alguém com o mínimo de bom senso não iria fazer uma experiência que iria por em risco o planeta, mas nem todos temos bom senso...

    Os cientistas responsáveis pela experiência (ou como dizes irresponsáveis) afirmam que esses buracos negros serão microscópicos e inofensivos, e que para atingirem 1 miligrama de massa levariam mais do que a idade do universo actualmente, e que só duraram nano segundos.

    Se realmente for uma "bomba nuclear", é a coisa mais estúpida alguma vez feita pelo homem, e quem sabe, a ultima...

    São varios cientistas a discutir, não podemos acreditar mais nuns pela sua data de nascimento. Mas sou a favor de que desliguem o aparelho e provem que é totalmente seguro. Se não é desligasse a maquina mais cara de sempre.

    Por fim, só não percebo uma coisa, este é simplesmente o maior acelerador de partículas do mundo... então, todos os outros não serão bombas nucleares?

    Porque gastam 0.2 do pib mundial, numa experiência que talvez vai acabar com a Terra?

    ResponderEliminar
  9. Amigo Grifo,

    Sabes que neste momento já existem bombas atómicas em número suficiente para destruir a Terra várias vezes numa Guerra Atómica que pode suceder a qualquer momento nem que seja por acidente?

    - Pois é, foram os cientistas do século passado que construiram tudo isso para fins militares quando Albert Einstein descobriu a energia nuclear pela fusão do átomo com fins pacíficos.

    Não duvido que do mesmo modo possa ser descoberto algo neste século com o tal "Acelerador de Partículas" que ninguém sabe o que pode suceder se algo correr mal, apesar dos cálculos científicos e todas as 'certezas' dos homens que construiram a Máquina mais complexa e mais cara do Mundo para esse fim.

    De resto, a obtenção do verdadeiro Conhecimento sobre o Universo não se faz através de máquinas mas sim por um estado de Iluminação da alma e da mente humana quando esta se abre para Deus e fica num estado de graça percebendo tudo o que vislumbra para além desta dimensão.

    Pausa para reflexão!

    Rui Palmela

    ResponderEliminar
  10. não estão a tentar o que fez ou quem fez o universo, estão a tentar recrear o inicio do universo, e tentar ter varias informações sobre esse assunto. Eu acho que isso não se aprende pelo espírito, senão eu ia para a escola e com o meu espírito sabia a matéria toda...

    Não estão provar se Deus existe ou não, como muitos pensam...

    ResponderEliminar
  11. Não, amigo Grifo, se não tiveres uma mente e espírito aberto para o Conhecimento de outro nível, de nada serve andares na escola ou na Universidade dos homens que te limitam o pensamento e nada enxergam para além desta dimensão.

    Penso que confias demasiado nessas mentes que falam em nome da ciência mas não aquirem a Con(s)ciência... Entendes?

    Um abraço.

    Rui Palmela

    ResponderEliminar
  12. Eu acho que é necessário o conhecimento e a espiritualidade...

    Não tenho as mesmas crenças que tu, sou católico, e não encontro nada de errado na Igreja católica... Não acho que a escola/universidade limitem o pensamento a alguém pelo contrario... mas se achas isso explica porquê...


    Sabes, eles trabalharam 30 anos naquilo, achas que iriam efectuar a experiência se comprometesse o planeta? até a área da experiência...

    ResponderEliminar
  13. Eu acho que é necessário o conhecimento e a espiritualidade...

    Não tenho as mesmas crenças que tu, sou católico, e não encontro nada de errado na Igreja católica... Não acho que a escola/universidade limitem o pensamento a alguém pelo contrario... mas se achas isso explica porquê...


    Sabes, eles trabalharam 30 anos naquilo, achas que iriam efectuar a experiência se comprometesse o planeta? até a área da experiência...

    ResponderEliminar
  14. Amigo Grifo

    Concordo contigo quando dizes que o conhecimento e a espiritualidade é necessário para que o homem evolua na sua condição e alcance a perfeição.

    Porém, apesar de tanta ciência e conhecimento no século XXI, bem como grandes doutrinas de fé das Religiões, o homem nada sabe do seu destino, desconhece donde veio e para onde vai, põe em risco a vida e integridade do Planeta pela forma como vive e se comporta com esta forma de Civilização que pode levar o Mundo à destruição. Certo?

    Posso dizer, caro Grifo, que também sou crente em Deus e na Mensagem de Cristo, mas não pertenço a nenhuma Religião porque sinto que não necessito delas para viver mais de acordo com minha verdadeira condição, seguindo a luz de minha fé numa dada direcção. No entanto respeito todas as Religiões como "parcelas" da Verdade, sabendo no entanto que nenhuma é detentora do Conhecimento Absoluto, nem a Ciência. Certo?

    Olha, tenho por hábito dizer que "No dia em que a Ciência se espiritualizar e a Religião se tornar mais cientifca, ambas se unirão e darão à luz um filho de Sabedoria"...

    Não creio, porém, que esta experiência com uma Máquina complexa venha dar ao homem o Conhecimento verdadeiro para que se torne no verdadeiro Homem Integral e se prepare para um Mundo Novo com uma Nova Era Universal.

    Quanto ao resto, o tempo dirá quem tem razão e oxalá tudo corra bem nos próximos meses para que não haja uma surpresa desagradável para todos e seja tarde demais para se fazer alguma correcção.

    Pausa para reflexão!

    Abraço

    Rui Palmela

    ResponderEliminar
  15. Eu acredito que vem ai uma nova era, talvez não da mesma forma que tu...

    A I. C. aceita a ciência, a ciência é que não aceita lá muito bem a I. C. principalmente por não acreditarem em Deus...

    claro que esta experiência não vai tornar o homem perfeito, só um pouco mais conhecedor do que se sucedeu no inicio de tudo. Daqui a uns meses vão por a outra partícula no acelerador, vamos ver o que acontece. Esperemos que nada...

    ResponderEliminar
  16. Não é uma comédia de Dante
    É a curiosidade constante
    de quem tudo quer saber

    Que compromete a existência
    tudo em nome da ciência
    e nem se importa de morrer

    Fez um buraco no chão
    pôs à roda um protão
    que com outro vai colidir

    Curiosidade sem perigo:
    Teria Eva um umbigo?
    Isso queria eu descobrir!

    ResponderEliminar
  17. Bem como dizia o nosso amigo Rui Palmela relativamente ao olhar superior sobre os actos da humanidade, então não é que os nossos amigos lá de cima já resolveram o caso do acelerador de particulas, pois sofreu uma avaria: uma fuga de élio, e só daqui a dois meses é que volta a funcionar....Hi! Hi!

    É claro que estou a especular mas quem sabe se não foi intervenção superior!!


    MacoMerlim

    ResponderEliminar
  18. Rui Palmela07 outubro, 2008

    Sim, é isso, caro Maco Merlim, as coisas já começaram mal com a fuga de 1 tonelada de hélio e a experiência foi interrompida por uns meses, podendo remoçeçar só em Março do ano que vem. Por mim poderia ficar suspensa "sine-dia"...

    Rui Palmela

    ResponderEliminar
  19. Rui Palmela17 outubro, 2008

    Desde jovem que ouço uma frase de alguém que disse: "O homem aumenta o progresso destruindo-se a si mesmo".

    Isto parece uma pura contradição à luz do Conhecimento que se tem desde há milhares de anos, mas é a Ciência sempre a maior responsável pela maior parte dos graves problemas que a Humanidade atravessa, apesar de pretender sempre descobrir alguma forma de torná-la melhor.

    Penso que tudo isso deve-se ao facto do homem não ter adquirido ainda a verdadeira Con(s)ciência que naturalmente se obterá de outra forma que não aquela em que tem vindo a procurar ultimamente. De resto, todas as grandes descobertas que foram feitas até hoje, foram úteis na altura mas depois se revelaram perigosas e até inadequadas com o passar do tempo. Temos o exemplo da penicilina e das vacinas que salvaram muitas vidas mas abriram portas para outros problemas que persistem cada vez mais pela ignorância dos nossos erros e desregramentos como principal causa de tantos males e sofrimentos. E para isso não há vacinas ou antibióticos que cheguem e até estão causando tanto mal e sim uma mudança de comportamentos que deveriam ser melhores na Sociedade actual.

    Pessoalmente não concordo com esta experiência do CERN e creio que não servirá para nada a não ser para satisfazer alguma curiosidade cientifica que se divide nesta questão e querem ver afinal quem tem razão, se o Higss, se o Hauking...

    Enfim, para o ano ela recomeçará depois de ter sido suspendida por uma falha já detectada e esperemos que outras mais apareçam de modo a que os governos dos dois paises (onde o 'acelerador de partículas' se situa) resolvam proibi-la por achá-la perigosa e lamentavelmente onde se gastou uma fortuna que daria para resolver problemas muito mais importantes e urgentes na Civilização.

    Pausa para reflexão!

    Rui Palmela

    ResponderEliminar

Related Posts with Thumbnails