quinta-feira, 15 de março de 2012

DITADURA GAY NO BRASIL?




Recebi do outro lado do Atlântico um e-mail contando uma história verídica como um desabafo sobre a Ditadura Gay que se está vivendo no Brasil desde que foi aprovada a lei “anti-homofobia” que reprime todos os cidadãos que se manifestem contra as práticas da Homossexualidade ou ofendam a ‘dignidade’ gay, que passou a ser intocável ou coisa sagrada em terras brasileiras.

Parece que ali a Comunidade Gay é quem manda no país e ninguém mais pode falar livremente na chamada maior “Democracia” do Mundo onde o que resta da Moral e bons costumes é combatida pelo próprio Estado onde a Corrupção abunda e as pessoas mais honestas correm risco de serem perseguidas ou condenadas pelas próprias palavras que refletem seus pensamentos.

Mas não querendo alongar mais este meu ‘prefácio’ sobre o assunto que trago a este meu Blog,  fica aqui a história que sucedeu com uma menina de 10 anos que foi ao banheiro duma pizzaria e viu lá um homem vestido de mulher e correu para sua mãe contando isso:

“Mãe, tem um homem lá dentro do banheiro! Ele tá vestido de mulher!”
A mãe não tem dúvida: numa reação natural que qualquer outra mãe teria, reclama para o dono da pizzaria.
O dono, em atenção à mãe e à segurança dela e sua filha, pediu, quase que implorando, para que o homem vestido de mulher não voltasse mais ao banheiro feminino.
Toda a humilhação e imploração do dono de nada valeram. O caso chegou à Secretaria da Justiça do Estado de São Paulo  que telefonou — não para a mãe e sua filha —, mas para o homossexual, de nome Laerte Coutinho, dizendo que a pizzaria violou a lei estadual 10.948/2001, sobre discriminação por orientação sexual ou identidade de gênero. A pizzaria será multada e ameaçada por forças governamentais e seviciada pelo movimento gay. Laerte está determinado a exigir essa truculência estatal contra a pizzaria, como lição para todas as meninas do Brasil que encontrarem um gay no banheiro das mulheres.
Homossexual Laerte Coutinho exige "direito" de estar em banheiros femininos com meninas de 10 anos.

A Secretaria da Justiça não se incomodou em telefonar para a mãe da menina, talvez porque o senhor gay seja funcionário do notório jornal esquerdista Folha de S. Paulo, que já foi denunciado por defender descaradamente o assassinato de crianças em gestação.

O caso expõe nitidamente a hipocrisia do governo e da imprensa esquerdista. Na polêmica lei da palmada, os dois atacaram os pais e sua autoridade, alegando que os interesses das crianças devem estar acima de tudo. Mas quando um homossexual entra no cenário, o holofote fica só para ele, e a pobre criança é atirada para um cantinho escuro.
Se a menina tivesse ligado para a Secretaria de Justiça denunciando que sua mãe lhe deu umas palmadas, a resposta governamental teria vindo imediatamente para punir a mãe.
Mas se a menina tivesse denunciado, “Tem um homem vestido de mulher no banheiro!”, a resposta governamental nunca viria para punir o sem-vergonha. Viria, isso sim, para ameaçar o dono do estabelecimento, a mãe da criança (por ter ensinado “homofobia” para a menina) e para dar uma bronca na menina por deixar sua mãe lhe ensinar “preconceito, discriminação e ódio”.
O governo e a mídia incitam crianças a denunciar os pais, que são os maiores protetores de seus filhos.
Mas o governo e a mídia nunca incitam crianças a denunciar predadores homossexuais. Tudo indica que, na visão governamental e midiática, pais são muito mais perigosos do que esses predadores.
A Folha de S. Paulo, que está gritando histericamente em favor de seu funcionário homossexual, calou-se para o fato de que uma menina estava envolvida. Nenhum jornalista nem autoridade governamental e muito menos um membro do Conselho Tutelar apareceu para dizer: “Ei, temos de colocar a menina antes do homossexual!” É uma vergonha colossal que o Estado de São Paulo sob o PSDB e a Folha de S. Paulo estejam colocando o homossexual na frente da menina.
Poderia haver perigo com a presença de um homossexual num banheiro feminino com uma menina por perto? Homens homossexuais também ameaçam meninas. Apesar de seu padrão politicamente correto, até mesmo a Globo não deixou de noticiar o caso de dois pais-de-santo homossexuais que estupraram uma menina de 9 anos.
Qualquer caso de uma mãe e filha na presença de um homem no banheiro feminino é suficiente para despertar justa indignação em qualquer pessoa normal. Tal indignação só aumenta diante da injustiça de uma imprensa e até governo que tratam com descaso mãe e filha a fim de prestigiar um marmanjo homossexual.
Casos como esse só tendem a inflamar e incitar a violência contra os homossexuais, porque embora a imprensa e até o governo coloquem homossexuais na frente de uma menina e sua mãe, as pessoas normais sempre defenderão uma menina e sua mãe contra a presença de marmanjos em banheiros femininos.
Se até nos banheiros masculinos os homens estão enfrentando problemas provocados por homossexuais, por que estender agora essa insegurança aos banheiros das mulheres?
Cada vez mais, de forma descarada, shopping centers e outros lugares estão sendo usados como pontos de prostituição gay — bem nos banheiros masculinos. E, talvez por temor da obsessão anti-“homofobia, os homens olhem e ignorem. Já presenciei homossexuais que, dentro do banheiro do shopping, ficam ali como canibais do sexo anal, olhando cada homem que entra, esperando uma oportunidade de sexo.
A lei 10.948/2001, que está sendo usada para garantir que um homem gay tenha acesso aos banheiros femininos, é uma insanidade do PSDB. Embora o PLC 122 não tenha sido aprovado como lei federal, o governo estadual do PSDB aprovou uma lei anti-“homofobia” no Estado de São Paulo em 2001. A lei foi criada em resposta à reivindicação de dois homossexuais que estavam se beijando em público e se queixaram de pessoas próximas que se sentiram ofendidas. A lei do PSDB foi criada especificamente para proteger o erotismo homossexual em público.
Como resultado direto dessa lei:
* Homossexuais dançaram de calcinha na Assembleia Legislativa de São Paulo em 2007, sem nenhum impedimento.
* Um pastor foi preso no centro de São Paulo, após pregar contra as práticas homossexuais.
* O Estado de São Paulo lidera o ranking de incitação de denúncias por “homofobia”.
* Um bêbado foi multado em quase 15 mil reais por chamar um homossexual de “veado”.
* Uma  igreja evangélica teve seus outodoors com versículos bíblicos violentamente removidos pela “justiça” de São Paulo.
Todas essas consequências vieram de uma lei específica para beneficiar dois gays que queriam a liberdade de se beijar em público, na frente de adultos e crianças.
Que tipo de lei farão agora para atender ao marmanjo gay que exige estar com meninas e suas mães nos banheiros femininos?
Enquanto isso, o que uma mãe deverá dizer à sua filha de 10 anos que testemunhar um homem vestido de mulher no banheiro feminino? Ficar em silêncio para não ofender o sr. marmanjo gay?
Por Julio Severo


32 comentários:

  1. ...Olá!Rui!
    É lamentável que as noticias do Brail cheguem ao outro lado do Atlantico desta forma!
    Mas devo dizer que como brasileira , sinto vergonhado País em que vivo!há muito que as frentes governamentais paercem fazer descaso de assuntos tão sérios como este.
    Forte abraço e permaneças assim convocando o cérebro das pessoas a raciocínio lógico frente às atrocidades do mundo!

    ResponderEliminar
  2. Se não estamos no fim do mundo!!!.... Por terra brasilis, SODOMA & GOMORRA, voltaram à tona. É moda ser bambi e patão, só em olhá-los, um cidadão de bem poderá parar na "justiça" q Aristóteles em seu tempo a questionava em seu grego falar: " - Tó ti? (trad. Que é isto?)

    ResponderEliminar
  3. Egoismo: "O ato de fundamentar conceitos morais baseados em interesses pessoais "

    • Seu Perfil é inicialmente admiravel por tudo que vc faz e pratica, caro Rui, ...mas quando diz lutar por um mundo sem egoismo vc cai em contradição ao postar sempre coisas como ser contra o casamento de pessoas do mesmo sexo, pois aqui você não está considerando as necessidades e a felicidade dessas pessoas. Simples.
    O que você pensa sobre homosexualismo não deve interferir com a questão da busca dos direitos de igualdade sociais de pessoas que precisam desse reconhecimento do Estado para poderem viver e criar suas familais tranquilas e com os mesmos beneficios como todo mundo, ..caso contrário, o eseu julgamento artigo ficam baseados no egoismo, meu caro.

    Não precisa me mandar uma resposta inundada pelas suas crenças a respeito de homosexualismo na bíblia, natureza do ser humano, sua ideia de familia e possiveis causas do homosexualsimo, porque já conheço bem sua posição sobre isso tudo.

    Pelo o que eu estudo, até acho que atração por alguém do mesmo sexo pode ser causada também pela inversão das polaridades dos chacras sexuais, por questões de "traumas" ...antes, durande ou depois do periodo da gestação das mães.
    Mas a discusão sobre o efeito disso ser natural ou não, "curavel" ou não, relevante ou não, não tem NADA a ver com a questão de duas pessoas do mesmo sexo poderem ter direitos reconheciveis pelo estado de dividirem bens, casa etc.


    E se você ainda sim acha que a imagem do casamento tradicional, como foi criado, seria "manchada" e denegrida somente por incluir outras formas de amor tambem, bom,....
    talvez o Estado precise criar então um novo conceito-instituição de casamento que não seja tão obsoleto quando esse tradicional.


    Com tudo que você fala, escreve e declara, ...nessas horas que se fala de casamento de pessoas do mesmo sexo, você parece esquecer que não somos o nosso corpo, somos seres espirituais, almas, usando corpos temporarios e passando por experiencias humanas aqui na terra.., nesas horas você trata o ser humano como se ele fosse o seu corpo, apontado as diferenças genitais e mencionando hipoteticas consequencias sexuais, sociais e familiares. entre essa união ( ? )
    Esse mesmo tipo de categorias de discenimento que vc usa nesse assunto foram usadas em toda nossa Historia por pessoas inteligentes como vc para justicarem todo tipo de discriminação que os seres humanos já sofreram como minoria.
    Não importa se a alma está num corpo trocado, ...como vc acredita,... isso não significa que a alma não vai aprender ou evoluir no corpo em que ela está, e tudo isso não tem nada a ver com as regras humanas de união civil.

    Não quero respostas nem suas ideias sobre o que eu escrevi..

    ..evite a sua grande urgencia de ter a última palavra pois não estou querendo debate.
    só peço que desta vez você faça o que você sugere sempre aos outros no fim de seus artigos:

    PAUSA PARA REFLEXÃO.

    ResponderEliminar
  4. Caro “Pedro III”,

    Não vou dar nenhuma “última palavra” sobre este assunto para o qual vc não pretende debate algum nem minhas respostas que pouco lhe interessam por julgar que também está certo no que pensa e defende a respeito da Homossexualidade.

    Porém, julgo que estou no meu direito de opinar sobre algo que me parece errado e nada tem a ver com o Amor entre almas humanas e sim com perversidade ao nível das ‘concupiscências da carne’ que faz perder valores e princípios éticos que sustentam a civilização mas esta degenera agora de forma mais generalizada se repetindo de novo os mesmos sinais que levou à queda de Sodoma, Gomorra, Pompeia, Herculano, Babilónia e Roma.

    Claro que entendo toda a justificação dada no século XXI sobre a ‘Liberdade’ das pessoas que buscam uma suposta ‘Felicidade’ com base em novas doutrinas e filosofias liberalistas (ou libertaristas) que iludem cada vez mais gente e enganam pelo aliciamento fácil da IMORALIDADE, cujo propósito é mesmo dominar (no plano físico) o maior número de almas que tiveram talvez sua “última oportunidade” evoluir e adquirir Conhecimento neste mundo ou nesta vida para fazer parte da Nova Humanidade, mas decerto preferem continuar a se afastar do Caminho que conduz à Luz ou à verdadeira Felicidade.

    Calar é pactuar com os que induzem no erro as multidões, pelo que vou dizendo o que penso na minha missão de falar aos corações.

    ResponderEliminar
  5. Ai Rui, as vezes surpreendes-me bem pela negativa. Misturas e deixas a tua mente ser imprenhada com palavras e moralismos de pessoas humanas que aquando da sua partida para o outro lado terão na sua balança mais quilos em conscupiencias do que kilos no coração.

    Só um aparte, Sodoma e Gomorra não cairam devido ao pecado homossexual. Desculpa informar-te doa que não doa, mas soa-me a que estas a ser irracional e mentiroso, pois NUNCA MAS NUNCA LESTE A BIBLIA no que toca à verdadeira razão porque Sodoma e Gomorra cairam, pois bem, e porque sou teu "amigo", apesar de irmão, sendo que quanto a isso nada posso fazer, vou-te pedir que leias a Biblia e que confirmes o que vou explicar a seguir:
    As citações foram retiradas da Bíblia Sagrada dos Missionários Capuchinhos (Lisboa 1974).

    Os comentários apresentados são resultado não só de uma análise pessoal do texto, mas também com base no artigo The Bible & Homosexuality por C. Ann Shepherd



    Genesis 19:1-11 Destruição de Sodoma e Gomorra


    (18:)Sodoma e Gomorra eram duas cidades cheias de pecado e depravação. Deus decidiu destrui-las mas antes falou com Lot que O convenceu a poupar a cidade se existissem 5 homens justos na mesma. (19:1)Dois anjos vão visitar Lot a Sodoma para verificarem se existem "5 homens justos". Entretanto...


    (4)Ainda não se tinham deitado, quando os homens da cidade, os homens de Sodoma, desde os mais novos aos mais velhos, todos sem excepção, rodearam a casa [... e disseram:] "Trá-los para fora a fim de os conhecermos" [...] Lot oferece as suas próprias filhas virgens aos homens da cidade para evitar o confronto com os dois anjos, mas de nada lhe valeu. (Diga-se de passagem que os anjos levaram a melhor e Deus destruiu calma e serenamente Sodoma, Gomorra e tudo à volta)


    O termo "conhecermos" significa, abitualmente na linguagem da Bíblia, "SEXO" , daí o facto de se associar Sodoma ao acto sexual entre homens, no entanto Sodoma e Gomorra não são, obviamente, destruídas porque os "homens se deitavam com outros homens" mas sim por uma série infindável de pecados (em que, eventualmente, a chamada sodomia se encontrava).


    Segundo Shepherd embora o termo "conhecermos" não implique directamente sexo ou violação (o original hebraico pode ser traduzido por "tomar conhecimento", "verificar credenciais" ou ainda "ter sexo com"), neste caso as intenções dos habitantes parecem indicar um verdadeiro acto de violência sobre os estranhos sob a forma de uma violação.
    Aliás o acto de violação homossexual não era incomum como forma de humilhação extrema e sem carga sexual.


    Isaías 3:9, Ezequiel 16:49, Carta a São Judas 7 Referências a Sodoma

    (continua)

    ResponderEliminar
  6. (Isaías 3:9)[Deus castigará os pagãos e os que] ostentam, como Sodoma, os seus pecados


    (Ezequiel 16:49)Eis em que consistiu o crime de Sodoma [...]: orgulho, abundância de alimentos e insolências; estas foram as faltas que cometeu [...]: não socorreram o pobre e o indingente


    (São Judas 7)Assim, Sodoma e Gomorra e as cidades circunvizinhas, que se corromperam da mesma maneira e se dedicaram ao vício [...]


    Aqui mais uma vez se reforça a ideia que o problema de Sodoma não era a "sodomia" mas sim a luxúria, a depravação e outros vícios.


    Levítico 18:22, 20:13 Sobre as obrigações matrimorniais, Penalidades diversas


    (18:22)Não coabitarás com um varão; é uma abominação


    (20:13)Se um homem coabitar sexualmente com um varão cometeram ambos um acto abominável; serão punidos com a morte e mereceram o suplício.


    Estas passagens são bastante explícitas, não deixando dúvidas acerca do assunto. No entanto... em Lev 11 temos: Não comereis [...] coelho [...] porco e é considerado com "abominação" comer Tudo o que anda no mar e não tem escamas nem barbatanas de que se pode dar o exemplo do polvo, assim como em Lev 20:18 temos Se um homem coabitar com uma mulher que esteja com indisposições [...] serão ambos eliminados do meio do povo. Daqui se conclui que a maioria das indicações do Levítico não são de todo seguidas pela Igreja Católica não havendo razão para dar tanta importância à condenação da homossexualidade.


    Carta aos Romanos 1:26 Homossexualidade e sexo anal com mulheres


    (26) Por este motivo, Deus os entregou a paixões degradantes, pois as suas mulheres mudaram o uso natural em outro uso que é contra a natureza. (27) Do mesmo modo também os homens, deixando o uso natural da mulher, abrasaram-se na mútua concupiscencia, praticando uns com os outros o que é indecoroso e recebendo em si mesmo a paga, que era devida ao seu desregramento


    Aqui temos uma referência explícita ao sexo entre homens (sem ser na base de bacanal como em Sodoma) que é directamente recriminada. No entanto no mesmo parágrafo se juntam todos os pagãos, os judeus, etc, etc...


    Segundo Shepherd os termos Gregos "physin" e "paraphysin", foram traduzidos como "uso natural" e "uso contra a natureza" respectivamente. No entanto a palavra "paraphysin" não significa "ir contra as leis da natureza", mas implica uma acção que é incaracterísitca de uma certa pessoa, ou seja "contra a natureza" da pessoa (como se pode verificar em Romanos 11:24). Assim esta passagem (não da forma como foi traduzida acima) indica que o que não é natural é um homossexual viver como heterossexual, ou um heterossexual viver como homossexual.


    1ª Carta aos Coríntios, 1ª Carta a Timóteo 1:9-10 Os injustos e o reino de Deus

    (continua)

    ResponderEliminar
  7. (I Coríntios 9) Não sabeis que os injustos não possuiram o Reino de Deus? Não vos enganeis: nem imorais, nem idolatras, nem adúlteros, (10)nem enfeminados, nem sodomitas, nem ladrões, nem avarentos, nem maldizentes, nem os que se dão à embriaguez, nem salteadores possuirão o Reino de Deus.
    (I Timóteo 1:9)[...] maus, rebeldes, ímpios, pecadores, irreligiosos, profanadores, ultrajam pai e mãe, homicidas, (10)impúdicos, infames, traficantes de homens, mentirosos, perjuros [...]


    Não há referência à homossexualidade, mas sim à escravatura (da forma que eu vejo o texto). Não deixa de ser curioso pôr "irreligiosos" no mesmo grupo dos "homicidas". É a ideia, habitual noutros pondos da Bíblia, que quem não a segue (mesmo que não a possa ter conhecido) está condenado.


    Segundo Shepherd o texto original não refere sequer a homossexualidade mas sim a prostituição feminina e masculina ligadas a cultos, que eram prevalentes na cultura Greco-Romana da altura. O erro da tradução é devido a uma incorrecta interpretação dos termos Gregos "malakee" e "arsenokeeteh" além de esquecer o contexto em que ambas as cartas foram escritas.


    Resumindo...


    De todas as passagens as únicas que se referem à homossexualidade em particular são [Rom 1:27], [I Cor 6:9], [I Tim 1:9-10] (e, eventualmente, [Lev 18:22] com as resalvas assinaladas) que não fazem parte sequer do antigo testamento, nem estão directamente relacionadas com Jesus Cristo.


    De notar, no entanto, que as passagens são sobre a visão negativa da homossexualidade. Na secção seguinte referimos algumas passagens sobre possíveis relações homossexuais na Bíblia. A Bíblia é um livro (perdão: é um conjunto de livros) grossíssimo onde existem múltiplas referências a outros "pecados" que hoje são cometidos normalmente e sem problemas de maior. E se olharmos para o passado da Igreja teremos barbaridades muitíssimo piores do que o incumprimento de uma ou duas passagens da Bíblia, por muita importância que a Igreja de hoje lhes tente dar.

    Paz e bem.

    Cristiano Costa

    ResponderEliminar
  8. Caro Irmão e amigo Rui Palmela.

    Preliminarmente, quero dizer aos "Gays, Lésbicas e Simpatizantes" que nada tenho contra tais grupos sociais, uma vez que sou pela Liberdade "Ampla, Geral e irrestrita".

    Contudo, concordo com amigo na maioria dos ítens citados.
    Hoje em dia, no Brasil os "politicálhos" (mistura de político com car...), além de serem "los macaquitos" (como diziam os Argentinos), fazem Leis demais que ao invés de ajudar, atrapalham o convívio social. Devido à ignorância escolar e acadêmica, somada à voraz ganância de votos muitos políticos, e também a mídia sensacionalista, conseguem "re-afundar o Titanic".
    Ora, a opção sexual do ser humano deve ser livre e não deve ser reprimida por qualquer tipo de "fobia". Porém, tudo tem seu tempo e seu limite. Pretender um "traveco" "mijar" num banheiro feminino é o cúmulo da imbecilidade e viadagem! É uma "bicha louca" despudorada, sem senso algum de ridículo e sem senso de respeito humano! Vá à um bar ou boate gay que ninguém vai se escandalizar!Agora, despeitar crianças, tem que o veado apanhar na cara! (não é propaganda homofóbica). Quem compactua com tal, também tem que apanhar na cara! (não é incitação à violência).
    Já frequentei e às vezes ainda frequento boates e bares "gays" e até acho a "bicharada" ótima. São pessoas afáveis, amorosas, artísticas e bonitas. Nunca presenciei atos de violência física ou moral, sendo que inclusive um dono de uma casa dessas é meu amigo, conhecido desde nossa infância. Tenho parentes "gays" e com eles me dou muito bem, a não ser com um "trevoso" como o tal "mijão" que o amigo citou. Também sou contra o "casamento Legal" de "gays", pelo simples facto de que se a instituição matrimonial entre homem e mulher já faliu, quanto mais de "gays"; já nasceu "falidérrima"! rsrsrsr. Outrossim, como "gays" não podem procriar de forma natural, a adoção de crianças abandonadas por eles, é muito boa e, na maioria, têm mais sensibilidade e amor do que muitas mães naturaes.
    Quanto ao irmão Pedro III, sou primeiramente amigo do irmão "Pedro I", uma vez que sou descendente direto do "Marquês de Marialva", rsrsrsr. Porém, concordo de pleno com a dissertação por ele nos ofertada (do Pedro III). Muitíssimo inteligente, de grande sensibilidade e de uma ponderabilidade desconcertante. Gostei mesmo amigo. Espero que o irmão continue a frequentar o Blogue do Rui, que não obstante às suas pessoais convicções, o ALVORECER está sempre aberto à todas as opinões,...sem pejo!

    ResponderEliminar
  9. Caro amigo Cristiano,

    Vejo que te esforçaste imenso procurando nos textos bíblicos algo que justifique na Actualidade aquilo que foi sempre condenado em relação á sexualidade. Pouco ou nada adiantam sequer as minhas, as tuas opiniões, ou outras interpretações linguísticas dos velhos ou novos testamentos que pesem ou aliviem nos actuais acontecimentos ligados aos humanos desregramentos.

    O processo de transformação do mundo e de sua humanidade já se iniciou e nada o pode fazer parar, sendo verdade que também está escrito que o que está sujo suje-se mais ainda e o que busca a sanidade ou santidade seja mais santificado. Chegou o tempo das derradeiras opções (boas ou más) de nossas vidas neste Mundo e isso inclui, naturalmente, a própria questão da alimentação e da sexualidade que ainda continua sendo o maior problema e tantos males desta humanidade. Não duvides disso!

    Por fim, querido amigo Cristiano, sabes o que penso sobre a “Homossexualidade” e o ‘casamento’ entre pessoas do mesmo sexo que me parece uma aberração por mais voltas que tentes dar ao seu significado para defender a tua opinião. No entanto sabes bem que respeito essas mesmas pessoas e conheço algumas de quem sou bastante amigo (incuindo tu) e seria incapaz de desejar algum mal ou juntar minha voz aos que perseguem e condenam os que praticam sexo com outras pessoas do mesmo sexo, como acontece em alguns paises islâmicos que lhes destinam a pena de morte. Isso é hediondo e já assinei mesmo uma petição contra esse tipo de condenações e perseguições aos homossexuais, como bem sabes.

    Felizmente estamos vivendo em paises mais civilizados, mas começo a duvidar de leis como aquela que foi aprovada recentemente no Brasil que no meu entender está sendo mais prejudicial aos próprios homossexuais do que possa beneficiá-los, pois gera conflito e um efeito contrário ao perseguir e multar pessoas que têm direito à sua livre opinião ou liberdade de expressão (como eu e tu) a respeito da Homossexualidade. Até parece que está lá sendo imposta uma "Ditadura Gay" que leva a situações de ódio e divisões entre as pessoas que deviam aprender a conviver com as diferenças culturais e sexuais e nunca por imposições por Decreto. Certo? Foi isso que me fez publicar o texto de Julio Severo, denunciando aquela situação com a menina de 10 anos e com o qual concordo.

    Um abraço. Paz e bem para ti também.

    Rui Palmela

    ResponderEliminar
  10. Rui, pior que a homossexualidade é o divorcio, afinal amarias tua a tua esposa ao ponto de se separarem? Todos temos telhados de vidro. Meu amigo tu? Não, isso não nem quero, és obrigatóriamente meu irmão espiritual apenas, e nada mais.

    Fica bem, paz e luz.

    ResponderEliminar
  11. Caro Cristiano, vejo que me consideras agora teu inimigo por não concordar com teus pontos de vista em relação ao tema controverso da homossexualidade. Mas não sou, nem teu inimigo nem de nenhum homossexual e isso não me podes acusar do contrário. Certo? Quanto à irmandade espiritual, não sei porque me consideras um ‘irmão’ obrigatoriamente quando cortas esses laços pela rejeição de minha amizade neste plano. Acho isso uma contradição, nada mais.

    Quanto ao facto de dizeres que um divórcio é pior do que a homossexualidade, é ridícula essa tua afirmação nem tem nenhum sentido essa tua comparação. De resto, no meu caso pessoal sofri imenso com uma separação da mãe de meus 2 filhos (que também sofreram com isso) sem que eu pudesse evitá-lo por respeitar a sua liberdade em querer seguir outro caminho destruindo um lar e uma familia que tinhamos construido. E não duvides de que eu a amava e respeitava sendo fiel aos meus sentimentos e compromissos assumidos, mas isso não basta quando uma parte resolve interromper essa união do coração. Isso acontece não só aos casais heterossexuais como homossexuais, por liberdade de um ou outro em terminar uma relação de amor ou amizade. Nesse aspecto “todos temos telhados de vidro” como dizes.

    ResponderEliminar
  12. Já que a biblia foi citada caimos no campo religioso, assim sendo, a mesma constitui em relatos historicos da humanidade desde longincuos tenmpos, que serviram e servem ate atuais dias de hoje para domar o ego dos seres viventes, ditos "animais racionais", o q aqui me detenho e ´que este mesmo sacro livro diz: AMALDISSOADO SERA SOBRE A FACE DA TERRA HOMEM COM HOMEM, MULHER COM MULHER, HOMEM COM ANIMAL, MULHER COM ANIMAL", e agora que os amaveis me dizem? óbvio q devemos observar, julgar jamais será nosso papel, cada com suas escolhas, mas em se tratando de campo ÉTICO, como escola filosófica que trata da ´´MORAL".... Haja pausa a REFLEXâo........
    O... Fraterno abraço a todos

    ResponderEliminar
  13. Na verdade os problemas humanos há muito são citados na Bíblia e noutros livros antigos da história da Humanidade que hoje rejeita tudo o que seja dito em nome da Verdade, vivendo em erro e praticando a Iniquidade, muitos alegando a própria 'Liberdade' que tem servido para tudo até para a própria IMORALIDADE.

    Mas pouco adianta a 'rebelíão' contra Deus como sempre houve ao longo dos tempos e se acentua na Actualidade, sendo esta a nossa realidade num mundo cheio de dores e sofrimentos que nós próprios temos semeado.

    A 'maldição' sobre a face da Terra têm sido os próprios homens que a têm originado...

    ResponderEliminar
  14. António Maria S.C. Marialva18 março, 2012

    A sexualidade é o último trunfo dos seres das trevas a atacar os humanos. Sabiamente estão a tentar desiquilibrar a sexualidade humana misturando o natural com o anti-natural. É a última carta que eles têm em jogo! (pedofilia, hossexualismo, estupro, etc.) A guerra também é último trunfo das trevas, por tal razão é que desafio...eles têm mêdo! NHão deveis o amigo e dileto irmão tocar mais neste assunto de "gays" e sobre as guerras deveis proclamar os choros das crianças. Eu posso falar o que quiser que eles não me atacarão, posto que me temem... hehehe!

    Abraços.

    ResponderEliminar
  15. Caro Rui, vc achar que homosexualismo é uma aberração,
    ( mesmo que vc tivesse certo ), não deve interferir com a sua opinião politica sobre uma lei que ajudará milhares de pessoas a criarem suas familias em paz e felizes tendo os mesmos direitos legais que todo o resto. Pois "familia", não é defenida por Generos de casais opostos, mas pelo amor que liga os seus integrantes,
    _ e ponto.



    AMOR NÃO TEM NADA A VER COM GÊNERO.

    ResponderEliminar
  16. • Eu só queria acrescentar denovo, por ter visto que vc não leu minha menssagem com atenção e consideração, que eu sou a favor do casamento de duas pessoas do mesmo sexo sim, mas não necessariamente acho que o homosexualsimo é natural. Vc não vê a diferença ??

    Minha opinião, sobre uma pessoa sentir atração por alguem do mesmo sexo, ser natural ou não, pouco importa aqui, pois estamos falando de Direitos de Igualdade que AJUDARÃO, repito, AJUDARÃO ..muitas pessoas a viverem mais felizes !!! _ e isso já deveria ser o suficiente para vc reconsiderar sua opinião. ( ? )
    Esse fato sobre a felicidade de outras pessoas deveria está acima de toda a sua opiniao pessoal, ....Reflita.


    Enquanto pessoas com opiniões como a sua continuarem rotulando pessoas pelos seus gostos ou praticas sexuais, usando ainda escrituras antigas religiosas para justificarem sua opinião e posições,
    nosso mundo jamais encontrará igualdade total e paz.

    Parace que vc não entendeu nada do que eu escrevi sobre o egoismo nesse tipo de posição sua, meu querido e peço que vc se dê a Maravilhosa chance de estar Errado.

    As pessoas que carregam suas crenças debaixo do braço dentro de uma caixa Fechada, nunca terão a chance de aprender coisas novas que poderiam ser acrescentadas nessa caixa se ela tivesse aberta, enrriquecendo ainda mais o seu caminho e experiencias nessa vida.
    Você escolhe ser irredutível nessa questão porque não quer nem mesmo se dá a chance de confrontar as suas próprias crenças e "certezas". Prefere rebater e ter razão.
    ( Se tudo isso que vc leu até agora te incomoda de alguma forma é porque tem a ver com vc mesmo )

    Não leve isso como uma simples opinião pessoal, mas como uma critica construtiva baseada no que vc demonstra TODA vez que outros tentam acrescentar algo de novo e bom a sua visão e conhecimentos, que nesse assunto, vc carrega dentro de uma caixa fechada a sete chaves. A possibilidade de você está errado em sua "certeza absoluta" não deveria ser motivo suficiente apra vc rever e refletir sobre isso ??

    ...pois essa possibilidade sempre existe meu caro.

    ResponderEliminar
  17. < continuando >


    E não vejo tb vc ser tão irredutivel e limitado com nada mais do que vc escreve me querido Rui, por mais "fantasioso" e questionavel que possa parecer em relação a esse assunto do casamento entre pessoas do mesmo sexo.


    Os seres Divinos de Dimensões superiores não nos vem e nem nos julgam pelos nosso atributos biológicos, eles nem mesmo vem nossos corpos fisicos, apenas os etéricos pra cima. ....Por que nós que sabemos disso então, escrevemos sobre isso e compartilhamos isso, deveriamos julgar a união Legal de duas almas que usam corpos semelhantes,
    ...se isso é totalmente Irrelevante para a nossa Sabedoria sobre a nossa Verdadeira Essencia Espiritual e para o nosso aprendizado pessoal ?
    Ou somente nessa horas vc esquece disso,
    ..que não somos o nosso corpo. ?

    A politica e as regras de nossa sociedade fazem parte apenas do jogo primitivo da ilusão da vida física, não concorda ?,
    Nesta dimensão fìsica, nós Almas, brincarmos de polaridades opostas nessa dimensão.
    Deixe que as regras desse jogo se modifiquem mais uma vez, como tem feito ao logo de toda a nossa Historia para incluir aqueles que são separados por diferenças físicas, e facilitar a vida deles...


    Lembre-se: Todos os sentimentos opiniões que temos vem de duas fontes:
    do Medo, ou do Amor,
    NÃO EXISTE OUTRA OPÇÃO.

    Se nossa opinião causa Separação, então ela provem necessariamente do Medo.

    Então pergunte a si mesmo meu querido irmão,

    ______o que vc realmente teme dentro de você, nessa união ??


    Teme que suas crenças pessoais sejam confrontadas não somente por pessoas que defendem o casamento entre pessoas do mesmo sexo, mas tb pela propria Lei de um paiz ??

    Teme que se as regras de nossa sociedade se flexbilizem carinhosamente para incluir o resto das pessoas que são discriminadas por pensamentos como o seu
    ( e assim possam finalmente viver felizes e com os mesmos diretos que VC tem ) ,
    ...sua crença pessoal perca força e validade ??????



    Faça a pergunta certa e se livre do Egoismo de pensamento meu caro ;)

    ResponderEliminar
  18. Caro Pedro III,

    Começo por concordar com a ideia de que “AMOR NADA TEM A VER COM GÉNERO”... nem com Sexo, digo eu, muito menos no “contrário à natureza” que hoje em dia parece ser uma coisa ‘normal’ nas chamadas Demo-cracias onde a ‘liberdade’ dá aso a tanta INIQUIDADE. Esta é a verdade!

    Quanto á questão dos Direitos de Igualdade dos homossexuais, nunca os deixei de reconhecer e creio que a maior parte das pessoas hetero também os reconhece, achando no entanto que a questão do ‘casamento’ entre pessoas do mesmo sexo é mesmo aberrativo, anti-social e anti-cultural. Nada tem a ver com minha convicção pessoal ou algo da Religião. Certo?

    Quanto á questão supradimensional das Almas que se unem num contexto extrafísico sem que hajam as barreiras do sexo a impedirem ou qualquer outra de cor, raça, credo, posição social, etc., lembro por isso mesmo que é pela forma como os seres humanos vivem e se comportam neste mundo que determina o grau espiritual em que se encontram e a necessidade (ou não) dessas mesmas almas voltarem à Terra para evoluirem e corrigirem suas imperfeições nesta ou noutras vidas. É isto que muita gente (hetero ou homo) ainda não entende e acha que nem existem nenhumas regras nem princípios a seguir para alcançar a Angelitude.

    Muito bem, caro Pedro III, as pessoas têm mesmo o seu livre-arbítreo de viver e fazer como querem neste plano físico, mas ninguém deixa de receber o reflexo de seus erros e desregramentos porque efectivamente “A semeadura é livre mas a colheita é obrigatória” sendo facto que “a colheita é sempre conforme a semeadura” ao longo do tempo da nossa História. E infelizmente a desta Humanidade não tem sido a melhor desde séculos e milénios até à Actualidade.

    Esta é a minha conclusão e creio que a dos Seres Superiores também...

    Pausa para reflexão!

    Rui Palmela

    ResponderEliminar
  19. Que DEUS ILUMINE também a si e a todos nós seus filhos neste Planeta, caro Perdigueiro, pois decerto Ele nos ama a todos sem distinção, independentemente do que fazemos segundo nossos desejos, sustentando a nossa vida pelo pulsar de nosso coração.

    Gostaria de contar ao Pedro uma história para que entenda que nada tenho contra os homossexuais e me manifestarei sempre a seu favor nos Direitos (e deveres) que têm como seres humanos na Sociedade onde se integram e não devem ser descriminados ou odiados pelo que são.

    Um dia veio a Setúbal (cidade onde moro e donde sou natural) um mestre com seus seguidores fazer um Workshop ao qual fui convidado para estar presente, depois de ter sido contactado dias antes por uma pessoa amiga que me convidou para o evento. Fui e gostei do que ouvi, embora não concordasse com o que vi sobre o preço pago pelas pessoas para assistirem ao evento. Sempre achei que as ‘pregações’ ou ensinamentos de ordem espiritual para o bem da Humanidade, fossem gratuitos, acessíveis a toda a gente. É o que penso! Tanto mais que alguém me telefonou um pouco antes e me perguntou quanto era o ‘curso’, pois tinha uma grande necessidade de falar com o mestre que eu nem conhecia.

    A pessoa se identificou confessando que era homossexual e estava passando por uma fase muito dificil de sua vida, pois era rejeitado pela própria familia que não o recebia e nem tinha dinheiro para comer quanto mais para pagar a entrada no Workshop daquele dia. Perguntei onde é que ele estava e ele me deu sua morada.

    Querido amigo Pedro, talvez não acredites, mas eu nem assisti até ao fim da palestra do tal mestre não sei quantos e fui para casa, tendo contado o sucedido à minha companheira que me acompanhou ao Supermercado para comprarmos alimentos e fomos levar à pessoa que pouco me importava ser quem era, homossexual ou não. Entendes?

    Ele se surpreendeu e chorou na minha frente e pediu desculpa mas não pretendia que eu levasse nada, apenas queria falar com o tal mestre e me ligou pensando que eu podia arranjar essa oportunidade para ele sem pagar. Eu disse que não pertencia à organização e era apenas um convidado que ajudou na realização do evento, nada mais.

    E ali ficamos (eu e minha companheira) durante algum tempo falando com o homossexual tentando ajudá-lo da melhor forma possivel e ficámos a saber que ele tinha perdido o emprego nessa semana por falta de assiduidade, pois andava deprimido por acontecimentos na sua vida e não tinha sequer vontade de trabalhar. Fizemos ver a ele que tinha de reagir e não se deixar vencer pelas dificuldades e ele ficou com meu contacto para ligar sempre que quisesse falar ou desabafar. Pelos menos ficou com comida para alguns dias e ficámos sabendo que ele tinha um irmão casado que também o ajudava mas não podia fazer isso sempre. Por isso dei-lhe indicações para que se dirigisse a uma pessoa minha amiga que está numa instituição de assistência social e sei que ele fez isso, tendo recebido ajuda até arranjar emprego.

    E pronto, querido amigo Pedro, se eu fosse um ‘homofóbico’ preconceituoso como me acusam alguns, eu nem me teria preocupado com seu problema nem tentaria sequer ajudá-lo como qualquer ser humano. Certo? Por isso lamento que o próprio Cristiano Costa que conheço pessoalmente e com quem já tive uma longa conversa de irmão para irmão, me considere um ‘inimigo’ do pior por pensar de forma diferente da sua. Porém o mesmo não posso dizer de ti que te exprimes de forma mais correcta e aceitável pela diferença de opinião sobre esta questão da Homossexualidade.

    Um abraço

    Rui Palmela

    ResponderEliminar
  20. Querido Rui,

    Muito obrigado por compartilhar um pedacinho de sua experiencia pessoal comigo.
    Sua estória foi lida com muita atençåõ e carinho... suas atitudes durante o desenrrolar dessa situação, ..indubitamente solidarios.

    Não sei porque pensou que eu achei que vc fosse homofobico, já que em nenhum momento disse isso, mas posso entender que lendo o que eu escrevi vc poderia ter interpretado assim nas entrelinhas.

    Homofobia é um sintoma extremo de auto-rejeição psicologica, quando uma pessoa sente atração pelo mesmo sexo mas todas as suas crenças sobre a natureza do homosexualsimo e tudo aquilo que aprendeu desde cedo, lhe dizem que isto é errado... e aí essa auto-Negação Aguda cria raiva medo que aos poucos gera raiva constante e que finalmente se manifesta mais cedo ou mais tarde numa explosão de violência.
    Não creio Mesmo que vcseja homofobico ;)


    Mas por experiencia própria em lidar com muitos "preconceituosos irrustidos" , na maioria dos casos de pessoas que se declaram contra a legalização de casamentos gay, caro Rui, eu não caio nessa "desculpa" sem sentido da maioria que diz: "não ser contra homosexuais" mas pensar que "homosexualismo é uma abominação", entende ?

    Vejo nesse tipo de comentário uma extrema contradição psicológica entre crenças e ações correspondentes à crença, aonde a pessoa tenta somente se convencer de ser racional, não preconceituosa, de praticar Condutas Justas,...em fim, de ser uma coisa que não é.
    mas..

    Não acho que seja o seu caso,
    ...espero ;)

    Por isso mesmo que acho que honrar a felicidade deste rapaz, e tb a sua ação e experiencia neste episódio que vc me contou, seria vc defender o casamento gay ou ao menos não publicar artigos visuais que mostram o casamento gay como algo que "Suprime a livre expressão das pessoas",

    ..pois são ESSES tipos de artigos que incitam ainda mais a raiva contra gays meu querido amigo,
    ... e não as Leis de proteção em si que estão sendo discutidas nos Parlamentos, certo?

    Tenho um amigo que começou a postar no seu face imagens da "Mordaça gay", e isso obviamente gerou raiva e separações com seus proprios amigos, pois ele tinha amigos gays e dizia não ter nada contra. Oras se vc não tem nada contra, não deveria ser contra algo que faria deles felizes tb, certo ?
    Na minha opinião particular sobre isso, penso que um amigo de verdade te defenderia neste caso, contribuindo com a criação de uma lei que facilitaria a sua vida pessoal em relação a relacionamento e criação de familia no futuro.. mas isso é a minha opinião sobre amizade verdadeira.
    ( Nesta discusão eu fiquei de fora, só observando os comentarios dos outros ). Não achava que ele tinha o mesmo discernimento que vc tem em ouvir, refletir o que estou te compartilhando de minha visão, conheciemntos e experiencias em lidar com esses assuntos.

    < continua .. >

    ResponderEliminar
  21. < continuação: >


    Em fim,
    Depois do que vc viu esse rapaz passar por conta do preconceito da propia familia, uma lei que defendesse os direitos dele em casar com quem ama e criar sua familia como se ele fosse igual a mim e a vc, ..seria uma grande felicidade para ele, não acha ?

    Bom, agradeço mais uma vez sua resposta atenciosa.
    Acompanho os comentarios do Cristiano tb nesses assuntos.
    Não sabia que ele te considerava um "inimigo" por vc pensar diferente. ( ? )
    Talvez nao seja pelo motivo da sua crença sobre o homosexualsimo em si,
    ..mas talvez seja pelo simples fato de que os artigos que tratem das Leis de Proteção aos gays e a Legalização do Casamento gay como uma "Mordaça de Supressão" à livre expressão dos heteros ,.. é aquilo que Incita muito mais a discriminação e a raiva contra gays.

    Afinal, vi um comentarios seu abaixo desse artigo no seu Face tb, para um tal de Cristiano, não sei se é o mesmo, que vc dizia que devemos conquistar direitos de igualdade e " aprender a conviver em paz com suas diferenças culturais e sexuais, tendo direito à liberdade de expressão ou opinião (como tu e eu) sem que sejam inimigas umas das outras, Mas isso não se faz por Decreto... Certo? "

    Só que Historicamnte falando, querido Rui, o fato é que todas as mudanças que a sociedade precisou para que as minorias alcançassem Igualdades Sociais, foram causadas por criações de Leis e decretos de Igualdade e Proteção. Foi assim com as mulheres e com os negros principalmente, e não podemos esquecer que naquela época, apesar da formação dessas leis terem causado tambem controversias e gerado mais raiva entre as pessoas, o fato é que se não fosse por essas leis, essas pessoas não aprenderiam sozinhas a respeitar o espaço e os direitos das mulheres e dos negros, certo?
    ... e francamente, sabemos que aqueles que sentiam raiva com essas Leis de proteção e igualdades sociais de negros e mulheres, eram aquelas mesmas pessoas que se achavam Superiores as mulheres e aos negros,
    ...apesar de qualquer justificativa que davam sobre suas posições contra essas Leis. ;)



    Espero ter acrescentado algo de bom e relevante a sua experiencia pessoal e visão, meu querido Rui,
    ...essa nossa conversa certamente me fez relfetir em outras coisas tb.
    Que a troca seja mutua :)


    • Namastè, meu querido.


    ..no Amor, na Luz e na Alegria.


    Pedro

    ResponderEliminar
  22. Caro Amigo Pedro,

    Tenho de reconhecer que és uma pessoa de boa índole e boa compreensão, pouco importando se és ‘homossexual’ ou não. O mesmo não posso dizer do Cristiano Costa que acabou de se despedir e auto-eliminar de minha lista de contactos do FB e deste Blog por eu ter deixado passar o comentário do António Prates que utilizou o termo “maricas” e fufas” para gays e lésbicas que ele não gostou e feriu suas susceptibilidades.

    O Cristiano tolera menos as palavras que a ti não fazem ‘mossa’ talvez por ter menos capacidade de aceitação ou compreensão e ser mais revoltado com estes assuntos com os quais não lida muito bem. Talvez seja tudo o reflexo de frustrações ou insatisfações de sua “alma xamânica”... Que seja feliz na sua caminhada e vislumbre a luz tanto quanto eu desejo para mim!

    Quanto ao nosso diálogo, querido amigo, penso que tenha sido útil e positivo porque é a falar que as pessoas se entendem e “é da discussão que nasce a luz” como se costuma dizer. Além do mais, creio que é mais forte aquilo que nos une (a todos) do que aquilo que nos separa...

    É um prazer falar com pessoas assim.

    Um fraterno abraço.

    Rui Palmela

    ResponderEliminar
  23. Querido palmela, a sites que há ppções de ferramentas nas postagens, refletindo cá com meus botões, decidi pedir gentilmente deletar minhas exposições, onde este humilde cusco perdigueiro prefere recolher a sua posição, de observador dos fatos do mundo, qdo falei bambi e patão não quiz ser depreciador, mas já quando minha posição emocional frente aos inocentes falou mais alto me excedi, no termo pejorativo traveca, isto não é da miha indole, mas ser humano com minhas limitações assim agi, refletindo melhor, atitude emocional de momento, sou impulssivo sei disto. assim sendo vou deixhar que o mundo ageite o mundo, sou mais um na existencia, que tudo sim seja vigiado, monitorado pelo senhor da criação que a ele sim compete, somos simples homens, euy mesmo me julgo um cuso perdigueiro, por gentileza mais uma vez lhe peçop que delete minhas posições, sobre o ocorrido. Grande abraço fique na luz que emana da criação.

    ResponderEliminar
  24. Amigo Rui e Caros comentadores deste blogue,

    Jamais foi minha intenção ferir a susceptibilidade de quem quer que seja ou de melindrar a sensibilidade de alguém com as palavras que utilizei para decifrar a homossexualidade masculina e feminina. Faz parte da minha forma de ser e de estar ser directo e frontal nas palavras que digo, respeitando todas as opiniões e admitindo a liberdade de cada ser enquanto componente desta diversidade de vida, à qual chamamos biodiversidade, neste nosso ecossistema misterioso e muito complexo. Se utilizei a palavra "maricas" em vez de utilizar a palavra “gay” foi porque fiz questão de utilizar uma palavra mais portuguesa para traduzir essa palavra estrangeira que dá uma identidade mais feliz aos respeitados gays deste mundo, porém todos sabemos que esta é uma palavra recente no nosso vocabulário, e embora eu seja um homem de meia-idade ainda sou do tempo em que os homossexuais masculinos eram designados por maricas e por outras designações que não vou aqui referir para não ferir a sensibilidade de mais ninguém; da mesma forma que chamei "fufas" às "lésbicas" porque até acho a palavra fufa mais simpática para denominar a homossexualidade feminina, ou será que ser lésbica é diferente de ser fufa? Com todo o respeito que tenho pelas muitas habitantes da ilha de Lesbos, naturais e emigradas, como é óbvio.

    Fiquem bem e com saúde!

    ResponderEliminar
  25. Fiz o que me pediu, querido amigo Perdigueiro, e tomei a iniciativa de eliminar outros que me pareceram desnecessários sobre este assunto, deixando ficar aqueles que possam servir para acrescentar alguma coisa útil ao debate.

    ResponderEliminar
  26. As ditaduras vencem sempre, caro amigo, seja no Brasil ou aqui em Portugal. E ao ver a minha liberdade de expressão apagada, pela primeira vez desde que comento aqui na internet, sinto-me impotente para travar a força destas ditaduras e a força do seu lápis negro... Contanto, guardarei esse pequeno texto para publicar em outros blogues e como recordação de um dia em que as minhas palavras foram aniquiladas pela ditadura das palavras... Vejo este seu acto como uma estranha contradição ao título desta sua postagem.

    Pausa para reflexão, amigo Rui, e tenha saúde!

    ResponderEliminar
  27. Amigo António Prates,

    Peço desculpa por ter retirado um de seus comentários que feriram algumas susceptibilidades pelos termos de linguagem mal interpretada pelos visados (“Maricas e Fufas”) que se sentiram ofendidos e seria desnecessário provocar mais reacções além destas com suas palavras que decerto não tiveram esse propósito como você explica num outro posterior.

    Portanto, não o fiz por ceder a quaisquer ‘pressões’ gay de Portugal ou do Brasil e pode ficar descansado que sua liberdade de expressão fica aqui assegurada como sempre teve noutros assuntos, pois prezo a minha liberdade também de decidir sobre comentários que resolvo manter ou retirar de meu Blog dando sempre o direito de resposta a quem se sente lesado pela minha moderação ou censura.

    Como sabe, há temas polémicos geradores de muita controvérsia que não deixo de publicar neste meu espaço e sim apenas tento manter algum nível de diálogo construtivo em cada um deles para alcançar os verdadeiros objectivos do Blog Alvorecer que é de ordem cultural e de intervenção social e não outro de provocar dano ou melindre pessoal. Por isso, quando alguém se manifesta analiso suas razões e verifico se algumas palavras menos próprias ou inadequadas estão na origem dessas reacções como as de “Maricas e Fufas” utilizadas no seu comentário que na verdade têm alguma carga pejorativa como todos sabemos apesar de explicações em contrário. É preferível, pois utilizar os termos mais vulgares de “gays” e “lésbicas” que parecem ser melhor aceites pelos visados com problemas comportamentais de homossexualidade masculina e feminina.

    Abraço

    Rui Palmela

    ResponderEliminar
  28. António Maria S.C. Marialva21 março, 2012

    Amigo e irmão Rui Palmela.

    Eu tinha a mais absoluta certeza de que este assunto dos "Gays e Lésbicas" iria provocar "convulsão" no ALVORECER. Tanto que destilei meu veneno logo, porém, amarrei-os com minha experiência vivida que minimizou às agressões contra mim. Embora há mais gays e lésbicas do que imagina nossa vã filosofia, o facto é que está a ocorrer uma "ditadura desta casta" manipuladas não só pelas trevas exteriores, mas também pelos "Illuminatis" e seu controlo sobre a Mídia porca. Existem dois tipos de gays, um é "aberratio naturae", outro é sem vengonhice mesmo. São os segundos que manipulam os primeiros sugando o sangue doentio para atingir seus fins ilícitos, nomeadamente (dinheiro e poder). O gay (doente) é manso e pacífico possuindo uma sensibilidade natural da mulher oriunda da mistura XXY ou coisa que o valha (genético, o que acontece também com animais).

    Quanto ao dileto amigo, vejo que andas a brandir tua espada de fogo semelhante aos Anjos atingindo direto os corações dos Homens sem os destruir. Isto é necessário e bom. Quanto ao "destruir" isto ainda é meu departamento, embora esteja ficando "fora de moda" eh, eh, eh.!

    Grande abraço

    ResponderEliminar
  29. Querido Amigo e irmão de alma do outro lado do Atlântico,

    Compreendo bem o que dizes e concordo contigo. No entanto, como dizia a minha amiga Lucy aí do Brasil: "respeito a opinião de cada um, e a mim discutir se a opção sexual é doença ou não, é uma perda de tempo e energia. Pois quando olhamos o outro com o CORAÇÃO, não vemos mais sequer o seu sexo, a sua cor, a sua idade, a sua aparência física.... E a mim maior que tudo é o valor à VIDA. E VIDA, seja ela de um homossexual, seja de um negro, um índio, um idoso, uma criança, como tb de um animal, é sagrada"...

    Concordo plenamente com ela e comentei no seu mural do Facebook dizendo que também penso e sinto assim como ela e até já tenho assinado petições contra a criminalização e condenação à morte dos homossexuais nos paises islâmicos. Mas serei sempre uma voz contra seus comportamentos públicos aberrantes, anti-éticos, anti-culturais e anti-socais, e leis que penalizam ou criminalizam pessoas hetero, como essa aí no Brasil, que limitam o direito à liberdade de expressão e de opinião em nome dos homossexuais. Essa não!

    Um abraço do coração!

    ResponderEliminar
  30. " Aquilo que nós une,
    é muito maior, importante e eterno, .....do que aquilo que nos separa "


    ___ Isso mesmo caro Rui.

    Agradeço de coração, a oportunidade de nossa conversa.
    Lamento pelo a possição que o Cristiano escolheu.
    Posso tentar entender e imaginar a decisão dele no entanto,
    ...pois quando nossos gostos pessoais e estilo de vida são Rotulados pela Sociedade, fazendo com que sejamos obrigatoriamente separados de todo o resto por esses rotulos, (culturalmente, religiosamente e legalmente), rótulos que nos colocam dentro de um grupo social que sofre discriminação, .. é compreensível que ele sinta, dentro desse contexto, que quem não está totalmente a favor e disponivel para defender os gays em tudo,
    ...esteja então, contra.
    É facil etntão ele ter levado isso pro lado pessoal... se ele te considerava como um amigo.


    Mas em fim, eu gostaria de te adicionar no meu Face, caro Rui.
    Foi um prazer conversar com vc tb.

    Agradeço tb ao irmão Antonio Maria pelo comentário feito a mim,..( que só agora vi ).
    Sou o terceiro de uma geração de "Pedros", mas que não estão ligados ao Marques, no entanto..rs
    Mas sim, à simples frequencia Numerológica que tem se manifestado por tres gerações em minha familia.

    Estarei acompanhando as postagens certamente ...
    ...pois realizo o mesmo trabalho de Luz que nosso caro Rui busca realizar....

    __ servimos de humildes intrumentos de divulgação e conscientização,
    da Luz da Nova Era. ***


    Namaste a todos,

    ..no Amor, na Luz e na Alegria.

    ResponderEliminar
  31. Amigo e irmão Rui Palmela.
    Amigo e irmão Pedro III.

    Começo por agradecer tuas bondosas palavras (do Pedro).
    Porém vou dirigir minhas palavras ao Cristiano, cujas palavras e



    atitude (revortosa)kkkk. Volte ao "reduto" e largua mão de ser "fresquinho"!kkkkk. Gostamos de tí e o respeitamos como homem ou gay ou o que quer que seja.
    Você não está só no mundo e seu mundo é nosso mundo também!
    Eu sou a fonte da Guerra...O Rui a fonte da Paz...o Pedro o leito do rio que soma as águas das fontes...e tu. óh, jovem!...és aquele que pode banhar-se no caudaloso rio do conhecimento, da vida e do amor!...Apartaivos, pois de todo o mêdo, de todo pré-conceito e ficai a banhar nas águas caudalosas do conhecimento e sabedoria...Podeis brigar à gosto conosco que não vos abandonaremos às serpentes.
    O amigo e irmão deve considerar, com parcimônia, que o Rui, eu e quiçá o Pedro, temos rugas moldadas pelos tempos vividos...(várias vidas)...Carregamos cicatrizes profundas de dores e amarguras que tua juventude ainda não teve...Nós não vivemos..., mas nos arrastamos entre abrolhos e espinhos carregando nossas culpas e dores do passado. Isto, meu irmão, é muito mais difícil do que ser ´que és...O Rui tenta, eu o ajudo, o Pedro colabora (dentre outros) a passar nossas experiências de vida aos mais jovens para que não tenham que carregar o fardo que carregamos. Certa feita, meu jovem, oferecí-me a dar uma ajuda financeira ao Rui para a manutenção de teu blogue e ele recusou. Disse-me que custasse quanto custasse o faria por AMOR "Hastá la muerte".
    Hoje o Planêta é um Paraíso, perto do que vivemos...Se o jovem hoje pensa em se matar, pensamos isso mil vezes no passado...Em nossa juventude apanhávamos de cinta e fivelas que nos marcavam e traumatizavam. Doces e refrigetantes? Uma vez por semana se fóssemos obedientes.(para os mais abastados). Roupas e sapatos tinham de durar anos e mesmo depois eram remendados. Cabelos eram cortados à máquina manual número zero que quase arrancava nosso couro da cabeça.
    Gay? Era esfolado vivo pelo próprio pai. Filha que perdia a virgindade era expulsa de casa e tinha que viver na rua ou num, puteiro qualquer à beira da estrada. Hoje a juventude reclama e resmunga por qualquer coisa? Ora, deixa "adilson" parem com "wilson" o que é "Ilson"? eh, eh, eh.

    Vamos viver em paz e harmonia. Vamos discutir e filosofar com sabedoria, sem cobranças ou rancores. Vamos expor nossas idéias, pois as idéias nascem de nossos sonhos e criam "formas pensamentos" que faz o Planêta girar.

    Grande abraço à todos.

    ResponderEliminar
  32. PARABÉNS PELO BLOG, AMIGO GOSTARIA QUE ESSA MATÉRIA FOSSE MAIS LONGE, QUE O MUNDO PUDESSE LER A MESMA....INFELIZMENTE A LEGISLAÇÃO BRASILEIRA TOUNOU-SE PROFANA E COORUPTA......

    ResponderEliminar

Related Posts with Thumbnails